Mario Balotelli acreditava na possibilidade de retornar à seleção italiana para a disputa da Copa do Mundo
Calcio / Divulgação
Mario Balotelli acreditava na possibilidade de retornar à seleção italiana para a disputa da Copa do Mundo

Sem poder ajudá-la, Balotelli (confira galeria de fotos abaixo)  admitiu a frustração com a derrota da Itália para a Macedônia do Norte , pelas Eliminatórias Europeias, dando adeus para a possibilidade de disputar a Copa do Mundo no Catar . Em entrevista à "Sky Sport", o atacante italiano comentou sobre a angústia que sentiu com a eliminação.


"Com a Copa do Mundo em dezembro, eu tinha a possibilidade de retornar à seleção nacional. As portas não estavam fechadas para mim, eu perdi uma oportunidade importante também. É realmente doloroso ver a Itália fora", lamentou Mario Balotelli.

"Parece que só faço falta quando a Itália perde. Antes do jogo ninguém pensava nisso, depois é muito fácil dizer. Vi o jogo e tivemos ocasiões para marcar. Sou bom na frente do gol. Não quer dizer que se eu estivesse lá, teríamos vencido. Mas eu poderia ter marcado um gol", completou.

Leia Também

Além disso, Balotelli afirmou que não tem nenhum ressentimento com o técnico Roberto Mancini, apesar da mãe do treinador ter lamentado a ausência do atacante, nas Eliminatórias Europeias.

"Não nos falamos ainda, mas sempre gostei dele e estou muito feliz por ele ficar. As pessoas estão decepcionadas e tristes com a eliminação, mas não podemos esquecer que o Mancini rapidamente conquistou um time forte. Ninguém esperava que ele se tornasse campeão da Eurocopa. Ele merece continuar", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários