Neymar
Divulgação
Neymar

Após os jogadores brasileiros do Shakhtar e do Dínamo de Kiev divulgarem um vídeo pedindo ajuda para deixar a Ucrânia , depois da invasão da Rússia, o craque Neymar se manifestou.

Por meio das redes sociais, o jogador mostrou preocupação com os colegas de trabalho que não conseguem deixar a localidade. Por isso, ele republicou o vídeo dos jogadores brasileiros e reforçou suas orações pela solução do problema.

"Orando por todos vocês", escreveu Neymar na postagem.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, os atletas, ao lado das suas famílias (mulheres e crianças), afirmaram que estão presos em um hotel em Kiev, para onde se refugiram às pressas, apenas com os pertences que tinham nos carros.

Leia Também

Eles não têm formas de deixar o país já que o espaço aéreo está fechado e também falta combustível. 

"A situação é de desespero. Peço que divulguem esse vídeo para que chegue no Governo Brasileiro. As fronteiras estão fechadas, bancos também, não há combustível, vai faltar alimento, não há dinheiro. Estamos reunidos à espera de um plano para deixar a Ucrânia", relataram eles.

Em entrevista exclusiva ao IG Esportes, o empresário Will Dantas , que representa o ex-Corinthians Pedrinho - que está entre os atletas "presos" naquele país -, também descreveu a situação. 

"Estou numa apreensão danada. Estou falando com o Pedrinho a cada minuto para tentar tranquilizar. Nenhum jogador está falando com a imprensa, já que há uma recomendação para que eles não deem nenhuma declaração. A minha preocupação e a dos jogadores é que eles estão em um hotel que não tem abrigo antiaéreo. O espaço aéreo está fechado, as fronteiras fechadas. Não tem gasolina na cidade. O trânsito está caótico, as pessoas invadindo supermercado", relatou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários