Verratti
Divulgação
Verratti

O meia Marco Verratti, do PSG, vive uma grande fase e foi chamado de "gênio" por Neymar, após a partida contra o Real Madrid, quando o brasileiro o colocou no mesmo patamar de lendas como Xavi e Iniesta, ídolos do Barcelona .

Fora dos campos, ele é apaixonado por tecnologia, tanto que acaba de comprar uma Ilha no metaverso, mundo paralelo feito de realidade virtual no qual você é representado em três dimensões por meio de um avatar.  

O jogador do PSG adquiriu uma das 25 ilhas digitais colocadas à venda no The Sandbox by Exclusible, um mercado especializado em NFTs de luxo. Com essa ação, ele se tornou o primeiro jogador de futebol do mundo a fazer uma aquisição como essa.

“Eu queria muito atingir esse objetivo primeiro, acredito muito nas novas tecnologias e nisso queria ser um precursor dos tempos e um exemplo para muitos outros seguirem. Sinceramente, nunca pensei que fosse loucura. Imediatamente pensei que era uma ideia maluca e que poderia me divertir", expicou Verratti.

Questionado sobre o que os companheiros de time disseram da compra, ele usou o exemplo de Neymar . “Eles não ficaram surpresos, pelo contrário: muitos deles agora querem participar. Já tivemos experiências semelhantes com Neymar e Paredes, por exemplo, comprando um Bored Ape (colecionável NFT, ED)”, explica.

Sobre a sua ilha, ele prefere não abrir o jogo. “Ainda não posso revelar os detalhes, mas é claro que também haverá um estádio. A primeira partida no metaverso será disputada muito mais cedo do que você imagina, na minha opinião vamos conseguir em 2022. Haverá a oportunidade de visitar a ilha e comprar apartamentos, mas por enquanto não vou dizer mais nada. Você verá mais nos próximos meses”, conclui o futebolista italiano, que afirma que continuará investindo no mundo virtual.

** Thiago Martinez, o Turco, é editor de Esportes no iG. Jornalista desde 2005, tem experiência de 12 anos em redações de jornais e revistas segmentadas. É integrante do canal de YouTube Podcastimão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários