Rhys Porter
Reprodução/Instagram
Rhys Porter

O pequeno Rhys Porter, de 13 anos, se tornou um símbolo do Fulham, time que disputa a segunda divisão da Inglaterra e que conta em seu elenco com o ex-atacante do Flamengo, Rodrigo Muniz.

Portador de paralisia cerebral e epilepsia, o garoto 'ganhou uma vaga' no time de Londres, após ser um exemplo de luta e perseverança.

Apesar das dificuldades de locomoção por conta da deficiência, Rhys não desistiu de seu sonho e joga como goleiro no Feltham Bees football club - um clube de esportes para deficientes físicos de Brentford. Após postar na plataforma de mídia social TikTok um vídeo fazendo uma defesa, o jovem foi alvo de muitos comentários de ódio e discriminação pela forma como defendia.

O episódio não foi esquecido pelo Fulham. O clube inglês tornou o garoto um membro honorário de sua equipe e o listou como um goleiro titular em seu site. A história de Rhys  (veja na galeria abaixo fotos) inspirou a todos no Fulham, e o clube convidou o garoto para conhecer seus heróis, os goleiros Marek Rodak e Paulo Gazzaniga, além de passar um dia nas dependências do time.

Leia Também

Leia Também


Leia Também

Só que as surpresas para Rhys não acabaram por aí. O goleiro de 13 anos se tornou o centro das atenções em um momento emocionante durante o empate em 1 a 1 entre Fulham e Bristol City, no dia 25 de setembro. Após abrirem o placar com o atacante Aleksandar Mitrovic, os jogadores do Fulham correram em direção do garoto para comemorar.

Sua mãe, Kelly Porter, lamentou o comportamento abusivo de tantas pessoas online, mas com o filho, decidiu começar uma campanha para arrecadar fundos a uma entidade que ajuda pessoas que tenham algum tipo de deficiência, a Scope. Através de sua campanha ‘Faça valer a pena’, o objetivo era arrecadar 5 mil libras, no entanto, as doações já ultrapassaram 20 mil libras.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários