Marcelo Moreno e Messi se reencontram pelas Eliminatórias
Reprodução/Instagram
Marcelo Moreno e Messi se reencontram pelas Eliminatórias

Após marcar dois gols na derrota da Bolívia diante do Uruguai por 4 a 2 nesse domingo (05),  Marcelo Moreno ultrapassou Hernán Crespo e se tornou o terceiro maior artilheiro da história das Eliminatórias, com 20 gols marcados. Após o feito, o boliviano reencontra a Argentina, nesta quinta-feira (09), às 20h30, no Monumental de Núñez.

(Veja na galeria abaixo fotos do atacante boliviano)


A seleção de Lionel Messi, inclusive, é a segunda maior vítima sul-americana do camisa 9 - equipe em que anotou quatro de seus 27 tentos marcados pela Bolívia, atrás apenas do Uruguai, que sofreu cinco gols do atacante.

"Fico feliz de poder, aos poucos, ir escrevendo meu nome na história do futebol sul-americano. É uma honra poder estar entre esses grandes atletas do futebol. Vivo um momento único por minha seleção. Há pouco, havia me tornado o maior artilheiro da Bolívia e agora estar na lista dos três maiores das Eliminatórias é algo incrível. Estou me preparando muito para a partida diante da Argentina. É uma equipe muito forte, óbvio, e confio que vamos fazer um grande jogo”, afirmou Moreno.

Nona colocada na atual edição das Eliminatórias, a Bolívia marcou 12 gols na competição. Destes tentos feitos, Marcelo Moreno anotou oito - o Flecheiro é autor de 67% dos gols da equipe na disputa.

"Me enxergo como uma peça fundamental para a Seleção da Bolívia. Com 34 anos, tento passar minha experiência da melhor forma possível aos meus companheiros. Diante desses números, vejo minha vontade de ajudar meu país e meus companheiros de Seleção. Estarei sempre disposto a ajudar e a melhor forma, sem dúvidas, é com gols”, disse o atacante.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários