Vizinhos constataram que alterações ilegais foram feitas por Cristiano em volta da piscina da cobertura do imóvel em Portugal
Divulgação
Vizinhos constataram que alterações ilegais foram feitas por Cristiano em volta da piscina da cobertura do imóvel em Portugal

O atacante Cristiano Ronaldo vai demolir  uma marquise polêmica que mandou erguer no topo de seu apartamento de luxo na capital portuguesa Lisboa. Ele foi notificado pela Câmara Municipal após uma vistoria no local que constatou uma obra na cobertura em desconformidade com o projeto inicial aprovado.

Ronaldo tinha a opção de alterar a estrutura para legalizá-la ou removê-la. O prazo para fazer os ajustes solicitados se encerrou na quarta-feira, segundo a mídia local. O craque decidiu que vai mesmo retirar a marquise do apartamento de 300 metros quadrados, adquirido recentemente e avaliado em mais de R$ 45 milhões.

(Veja na galeria abaixo fotos do apartamento de CR7)


A autarquia afirmou que "recebeu a exposição apresentada em sede de audiência de interessados pelo representante do proprietário", na qual é manifestada "a intenção de repor o imóvel de acordo com o projeto aprovado". Na mesma exposição, o jogador solicitou "a prorrogação de prazo para o fazer”.

A construção foi alvo de vistoria no dia 1º de julho. O arquiteto responsável pelo projeto do prédio, José Mateus, acompanhou as autoridades na ocasião. Foi ele quem denunciou a obra ilegal, que não contou com sua autorização nem dos vizinhos.

Na época, Matues disse que o craque português "comprou um apartamento no edifício Castilho 203, cuja arquitetura foi desenhada pela ARX, atelier que fundei com o meu irmão Nuno em 1991 e que baseia o seu trabalho, tal como CR7, numa dedicação extrema, níveis de exigência altíssimos, trabalho diário duríssimo".

Você viu?

"Assistir ao desrespeito e à conspurcação de forma ignóbil do nosso trabalho, da nossa arquitetura, sem ter cumulativamente a anuência dos arquitetos, dos vizinhos e sem projeto aprovado pela CML, construindo à bela 'maneira antiga' uma marquise na cobertura do edifício, é algo a que não vou assistir parado", expôs o arquiteto.

Mateus também se manifestou em suas redes sociais após o episódio. Em publicação, ele disse que a admiração e o respeito que tinha por Cristiano Ronaldo acabaram.

"A admiração e respeito que tinha por Cristiano Ronaldo, um atleta exímio e inspirador, um exemplo para todos e que referi perante os meus filhos e alunos, desmoronou-se", escreveu.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários