Brasil x Peru
Reprodução / Instagram Copa América
Brasil x Peru

O Brasil fez valer o favoritismo e bateu o Peru no Estádio Nilton Santos, por 1 a 0, com gol de Lucas Paquetá, e chegou à final da Copa América pela 16ª vez na história. O destaque do jogo foi Neymar, quem regeu a equipe em busca de mais uma decisão. O camisa 10, inclusive, foi quem deu a assistência para a única bola na rede no duelo.

(Veja abaixo galeria de fotos do jogo)


A seleção brasileira começou o primeiro tempo a todo vapor e esquentando o clima frio que faz no Rio de Janeiro. E, logo aos sete minutos, Neymar, em noite inspirada, quase abriu o placar. Paquetá recebeu na faixa direita do ataque e deu bela enfiada para Richarlison, que, frente a frente com Gallese, tirou do goleiro, mas esticou demais. Ele acha Neymar, que desperdiçou ótima oportunidade.

Aos 13, foi a vez de Everton Cebolinha. O atacante recebeu na ponta direita da grande área, cortou para a canhota e chutou rasteiro. Gallese fez mais uma grande defesa. Aos 18, o goleiro peruano fez milagre no Nilton Santos. Paquetá recebeu belíssimo passe de letra de Casemiro. Dentro da área no lado direito e cruzou por baixo. Neymar apareceu sozinho, frente a frente com o arqueiro adversário, que fez a defesa. No rebote, Richarlison chutou, e Gallese salvou o Peru mais uma vez.

Aos 34, Gallese não conseguiu ser herói novamente. Após bobeada na saída do Peru, Neymar recebeu de Richarlison, invadiu a área, fez um salseiro na defesa adversária, chegou a dar uma caneta em Callens e tocou voltando para Paquetá, que, de primeira, abre o placar para a Seleção.

Você viu?

Os comandados de Tite mantiveram a postura ofensiva e buscavam o segundo gol. E, aos 42, O Brasil conseguiu recuperar mais uma bola no campo de ataque e saiu em quatro contra três, mas Paquetá errou o passe e "matou" um bom lance da seleção brasileira, o último antes do fim da primeira etapa.

No segundo tempo, o Peru foi quem teve a primeira oportunidade de balançar a rede, mas parou nas mãos de Ederson. Lapadula foi acionado dentro da área do Brasil, nas costas da defesa. Ele se livrou de Thiago Silva e bateu forte, de perna esquerda, mas o goleiro brasileiro espalmou par escanteio.

O gramado do Nilton Santos, que já havia sido muito criticado por vários jogadores durante a Copa América, estava em péssimo estado, e Lapadula quase se machucou por conta do campo. Na tentativa de brecar, o tornozelo esquerdo do peruano virou e por pouco não sofreu uma grave contusão.

Aos 19, novamente com Neymar, o Brasil quase ampliou o marcador. O camisa 10 foi lançado dentro da área e pegou de canhota. A bola passou perto do gol do Peru. Instantes depois, O time de Tite pediu pênalti após Richarlison ser derrubado. Neymar fez lindo lançamento para o atacante, que entrou na área, preparou o chute e não conseguiu chutar para o gol em disputa com Corzo. Tite gritou pedindo penalidade máxima, mas o árbitro mandou seguir.

Aos 34, o Peru quase empatou o jogo. Após cruzamento de Yotún, Callens apareceu bem na área, se antecipou a Ederson e desviou, mas mandou para fora, desperdiçando grande oportunidade de deixar tudo igual no placar. Aos 38, Tite fez alterações para segurar o jogo: Richarlison, Fred e Renan Lodi saíram para as entradas de Vinicius Junior, Fabinho e Éder Militão, respectivamente.

Apesar da pressão peruana, o Brasil conseguiu segurar a vitória e chegou à final da Copa América, que será disputada no sábado (10), no Maracanã, às 21h, contra Argentina ou Colômbia, equipes se enfrentam nesta terça-feira, às 22h, no Mané Garrincha, em Brasília.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários