São Paulo x Sporting Cristal
Reprodução / Twitter Conmebol
São Paulo x Sporting Cristal

O São Paulo goleou o Sporting Cristal (PER) na noite desta terça-feira (25), por 3 a 0, pela sexta rodada do Grupo E da Libertadores , no Morumbi. Os gols da vitória foi marcado pelo zagueiro Bruno Alves, um golaço do atacante Rojas e um tento de Vitor Bueno. O tento do defensor foi o de número 300 pelo Tricolor na história da Libertadores da América.


Com esse resultado, o Tricolor se classificou às oitavas de final da Liberta na segunda colocação do Grupo E, com 11 pontos. A liderança da chave ficou com o Racing (ARG), que venceu o Rentistas e ficou com 14 pontos conquistados.

Começo equilibrado
O jogo começou de maneira equilibrada. O São Paulo utilizava a experiência de Hernanes para tentar construir as jogadas, enquanto o Sporting Cristal se fechava e esperava um contra-ataque. A primeira chegada foi com Nestor, aos dois minutos. Ele recebeu na intermediária do ataque, passou por dois marcadores e tocou para Eder. O atacante segurou demais e foi desarmado.

Aos 14 minutos, uma sequência de Hernanes. Eder recebeu na esquerda e tocou para o volante na entrada da área. O capitão do São Paulo tentou a devolução de primeira, mas pegou mal na bola. Na sequência, o Profeta pressionou a saída do Sporting Cristal, deu um carrinho na entrada da área para travar o defensor, mas o zagueiro Madrid saiu com a bola.

Rojas acerta a trave e quase abre para o São Paulo
​Conforme o tempo foi passando, a equipe são-paulina passou a se encontrar melhor no jogo e ter mais a posse de bola. Numa das subidas da equipe, aos 15 minutos, Eder recebeu na esquerda e finalizou no canto do gol de Alejandro Duarte, que fez a defesa com tranquilidade.

Um minuto depois, quase o gol do São Paulo. Rojas recebeu a bola na grande área, gingou bonito na frente da marcação, puxou para a direita e finalizou na trave do Sporting Cristal, quase marcando um belo gol no Morumbi. O time de Crespo não parou por aí. Hernanes e Nestor tentaram, mas não tiveram sucesso.

Bruno Alves sobe bonito e marca o gol 300 do São Paulo na Liberta
​O gol parecia ser questão de tempo e ele veio aos 24 minutos. Hernanes cruzou na altura da marca do pênalti, e Bruno Alves subiu bem para cabecear no cantinho. A bola ainda pegou na trave antes de parar no fundo do gol do Sporting Cristal. O gol do defensor foi o de 300 do Tricolor na história da Libertadores.

Após o tento são-paulino, os peruanos chegaram pela primeira vez aos 28 minutos. Ávila avançou pela direita, chegou na entrada da área e puxou para o meio. O camisa 21 finalizou, mas a bola passou ao lado do gol de Lucas Perri.

Jogo dá uma esfriada na metade final do primeiro tempo
Após o gol marcado, os comandados de Crespo baixaram a linha de marcação, o que permitia o Sporting Cristal ter mais a posse de bola. No entanto, os peruanos não conseguiam chegar ao gol de Lucas Perri. Enquanto isso, o São Paulo errava muitos passes na entrada da área, comprometendo a fase ofensiva da equipe.

A última chance do primeiro tempo foi aos 43 minutos. Shaylon recebeu a bola na linha de fundo e cruzou na medida para Rojas na área. O atacante subiu sozinho, mas cabeceou por cima do gol.

Você viu?

Segundo tempo começa com chances para os dois lados
O segundo tempo começou movimentado, com o Sporting Cristal assustando logo com um minuto. Calcaterra bateu falta na área e Lucas Perri tirou de soco. Logo na sequência, Wellington recebeu de Hernanes na esquerda e cruzou na segunda trave. A bola veio alta, Orejuela finalizou, mas foi bloqueado.

Os peruanos tinham mais a posse de bola, mas não conseguiam furar a boa defesa do São Paulo, que esperava mais no campo de defesa para sair no contra-ataque. O Cristal chegou mais uma vez na bola parada. Hohberg tentou surpreender Lucas Perri batendo falta e buscando o canto do gol, mas o goleiro são-paulino só acompanhou a saída da bola, aos nove minutos.

São Paulo cresce, acerta a trave e Duarte salva o Cristal
O Tricolor chegou novamente aos 13 minutos. Orejuela recebeu de Shaylon na direita e cruzou na área. Vitor Bueno tentou cabecear, mas não alcançou a bola que veio forte e passou por todo mundo. A chegada deu novo ânimo ao Tricolor, que criou diversas oportunidades na sequência.

Aos 15, Diego Costa cabeceou após cobrança de escanteio e a bola bateu no pé da trave da meta do Sporting Cristal. Na sequência da jogada, Diego recebeu novo cruzamento na área e conseguiu finalizar de direita. Alejandro Duarte fez grande defesa para evitar o segundo gol são-paulino.

Conforme o São Paulo chegava ao ataque, o goleiro Duarte era obrigado a fazer grandes defesas. O arqueiro do Sporting Cristal apareceu novamente com 17 minutos. Vitor Bueno recebeu a bola em projeção de Shaylon, invadiu a área e tentou o toque na saída do goleiro, que fez grande defesa.

Rojas marca um golaço para ampliar
​Diante de um Sporting Cristal lançado ao ataque, o São Paulo conseguiu explorar bem os erros de posicionamento da defesa peruana, que cedia espaços para as corridas do ataque são-paulino.

Aos 22, um golaço de Rojas para ampliar. Após bola levantada na área do São Paulo, o equatoriano recebeu o lançamento na esquerda para puxar o contra-ataque. O camisa 7 ajeitou na entrada da área e bateu colocado ângulo de Alejandro Duarte, para ampliar.

São Paulo se anima, faz o terceiro e acerta a trave novamente
Nem deu para o Sporting Cristal absorver o segundo tento, que já sofreu mais um. Com 24 minutos, Galeano avançou no campo de ataque e deixou Vitor Bueno livre de marcação na grande área. O atacante dominou e bateu com calma no cantinho do gol para marcar o terceiro do Tricolor.

E não parou por aí. Seis minutos depois, Wellington avançou na esquerda, passou pela marcação e cruzou rasteiro na segunda trave. O zagueiro Diego Costa chegou finalizando, cara a cara com o goleiro, e mandou no travessão.

Depois, foi só administrar o resultado para garantir a vitória e a segunda colocação do Grupo E da Libertadores. resta esperar o sorteio na próxima terça-feira para saber o adversário nas oitavas de final.

O São Paulo volta a campo neste sábado (29), às 19h, para enfrentar o Fluminense, no Morumbi, em partida válida pela primeira rodada do Brasileirão de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários