Souza é um dos destaques na atual temporada do Besiktas
Instagram
Souza é um dos destaques na atual temporada do Besiktas

Com passagens por Vasco, São Paulo e Grêmio, o volante Souza realizou uma façanha que poucos atletas conseguem no futebol turco: jogar nos rivais Fenerbahçe e Besiktas. E, ainda por cima, ser adorado pelas duas torcidas. Em entrevista exclusiva ao iG Esportes, o jogador falou sobre a rivalidade histórica das equipes e um possível retorno ao futebol brasileiro.



O Besiktas ocupa neste momento a liderança no Campeonato Turco, dois pontos à frente do Rival Galatasaray. A equipe vive um momento ótimo na temporada, com oito vitórias nos últimos oito jogos - restam 12 jogos para o fim da competição. Souza exaltou as últimas partidas do time.

- Temos vivido um momento maravilhoso e esperamos continuar. Estamos na final da Copa da Turquia e liderando a liga. Creio que o fator principal tem sido a humildade dos jogadores, todos estão empenhados em vencer e deixamos a vaidade de lado para irmos atrás do mesmo objetivo, que é ser campeão.

Souza saiu do São Paulo em 2015 e foi transferido ao Fenerbahçe, onde atuou por três temporadas. Ele marcou o nome na história do clube, participando de 136 partidas e balançando as redes em 16 oportunidades. Na sequência, foi jogar no Al Ahli, da Arábia Saudita. Em setembro de 2020 retornou ao futebol turco, mas em um dos maiores rivais.

Em pouco tempo,  se tornou referência técnica e de liderança da equipe. Souza falou da sua chegada ao Besiktas e desse respeito dos companheiros do time.

- Houve, de início, uma desconfiança dos torcedores do Besiktas. Primeiro por eu chegar da Liga Árabe. E, depois, por eu ter muita identificação com o Fenerbahçe. Mas bastaram alguns jogos para mudar a opinião deles. Hoje me conhecem bem e me respeitam também.

- Eu sei da importância que tenho na equipe, os jogadores me respeitam muito e me ouvem quando falo. Os gols decisivos são consequências do meu trabalho e também da dedicação que tenho todos os dias treinando no clube e em casa para dar para o Besiktas o melhor de mim. O que me fez chegar bem, vindo de uma liga menor foi o trabalho que faço com meu fisioterapeuta, Pedro Guaragna.

Rebaixamento do Vasco

Vascaíno, Souza lamentou a atual situação do Cruzmaltino, que foi rebaixado no último Campeonato Brasileiro. O volante fez sua categoria de base no clube carioca, onde estreou profissionalmente em 2008 e atuou em 58 partidas, marcando três gols.

- Fico muito triste, como torcedor e como um vascaíno, ver tudo isso acontecendo. Espero que o clube possa se reestruturar e voltar mais forte. Tenho um carinho enorme pelo clube e espero ver todo mundo sorrir novamente – contou.

Você viu?

Volta ao futebol brasileiro?

Souza tem contrato até 2022 com o Besiktas, e em toda janela de transferências seu nome é ligado a uma possível volta ao futebol brasileiro. O camisa 5 se diz feliz no Besiktas e descartou um retorno no momento.

- Sinceramente, depois de tudo que estou vivendo aqui, eu prefiro continuar com minha família no Besiktas. Meu desejo é fazer história no clube e permanecer por muitos anos – disse o brasileiro.

Técnicos estrangeiros no Brasil

O Flamengo se sagrou campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores em 2019 e o Palmeiras, na última temporada, faturou a competição em cima do Santos e conquistou Copa do Brasil, ambos os times com técnicos estrangeiros, mais em específicos, portugueses. Souza vê essa ‘importação’ de técnicos benéfica para o futebol brasileiro, mas ressaltou sobre a necessidade de realizar uma avaliação antes de fazer esse investimento.

- Acho que a importação de qualidade sempre é válida, não vale é trazer qualquer treinador como já vi muitas equipes fazendo somente porque são de outras nacionalidades, mas tendo um bom histórico e feito bons trabalhos acho sim muito válido.

Chance na Seleção

O bom futebol do volante lhe rendeu convocações para a seleção brasileira, mas o jogador participou de somente três jogos com a amarelinha. Souza lamentou a falta de atenção com o futebol turco, mas não descartou ser chamado por Tite futuramente.

- Acho que se assistissem o Campeonato Turco eu teria grandes condições de ir pela competição que venho fazendo, sinceramente muito acima até do que eu esperava para meu primeiro ano vindo da Arábia. Eu não descarto uma convocação, mas sei da dificuldade que é olharem para cá – completou.

Amanhã (21), às 13h, o Besiktas recebe o Fenerbahçe pelo Campeonato Turco. Souza terá a oportunidade de jogar contra seu ex-clube, no qual fez história.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários