Manuel Lanzini fala com exclusividade ao IG Esportes
Instagram/Manuel Lanzini
Manuel Lanzini fala com exclusividade ao IG Esportes

Conhecido como "A Joia" pelos torcedores do  River Plate,  onde iniciou sua carreira,  Manuel Lanzini  é um dos destaques do  West Ham,  da Inglaterra. Nessa temporada, o argentino completa seis anos no clube inglês, que depois de longos anos fora de competições internacionais, "flerta" com uma possível vaga na próxima Champions League. Em entrevista exclusiva ao IG Esportespor intermédio da Betway -, o meia comentou sobre a atual temporada e deixou um ponto de interrogação em seu futuro, colando um retorno ao futebol brasileiro  como uma possibilidade.


Atualmente, o Campeonato Inglês está em sua reta final, e o West Ham figura entre os primeiros da liga, algo que muitos consideram surpreendente. A chegada do técnico escocês David Moyes aos "Hammers" deu uma nova cara a equipe, que vem desbancando figurões da Inglaterra, como Chelsea, Liverpool, Tottenham e Arsenal. Lanzini falou sobre a fase iluminada da equipe e a confiança que o grupo mantém.

- É uma temporada muito importante para o West Ham pelo fato da posição que estamos, mas não só por isso, também pela forma que estamos jogando, que estamos atravessando ao longo dos jogos, creio que com uma mentalidade importante estamos sendo muito efetivos e penso que isso está nos dando os pontos necessários para estar onde estamos – contou o meia.

- Obviamente a confiança não é tudo, mas creio que com o decorrer do campeonato, a equipe vem somando confiança, e isso é fundamental. Nós anteriormente, na temporada passada, perdíamos partidas como a anterior (Manchester City), a mentalidade de tudo isso está influenciando muito a equipe, e estamos seguindo um objetivo claro.

Torcida do West Ham no Brasil
Instagram/HammersBrasil
Torcida do West Ham no Brasil

Corte às vésperas da Copa do Mundo de 2018

Lanzini recebeu uma notícia nada agradável há uma semana do início da Copa do Mundo da Rússia de 2018. O meia sofreu ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito em um treinamento da seleção argentina e teve que ser cortado às vésperas do Mundial. Manu deu detalhes sobre a infelicidade que o tirou da Copa e disse que mantém esperanças de disputar um Mundial pela Argentina.

Você viu?

 – Eu poderia dizer que passaram diversas coisas na minha cabeça, mas senti muita tristeza e dor, não pelo fato da lesão, mas pelo fato de que sonhava com essa competição desde menino. Quando se começa a jogar bola, dar entrevistas, as pessoas perguntam qual é seu sonho, e o primeiro que vem à cabeça é jogar o Mundial, então você estar tão próximo de realizar esse desejo e por infelicidade não poder realizar vem muitas coisas à cabeça - detalhou Lanzini.

- Mas graças a Deus, as coisas saíram bem depois disso, eu pude me recuperar bem e obviamente toma um tempo, mas com a ajuda da minha família, minha mulher que está sempre ao meu lado e meu filho, pude tirar forças para voltar o mais rápido possível e seguir jogando, mantendo as esperanças para voltar a jogar pela seleção e quem sabe um mundial.

A última vez que a seleção argentina se sagrou campeã de algum torneio foi em 1993, quando venceu uma edição da Copa América disputada no Equador. De lá pra cá, a "Albiceleste" só coleciona decepções nas competições, mesmo com seu principal jogador, Messi, dizendo que seu sonho é conquistar algo pelo seu país. Lanzini comentou sobre o fato, citando uma "falta de sorte" da equipe e acreditando que a nova safra de jogadores possa dar um título para a Argentina.

- Eu creio que no futebol para conseguir a “cereja do bolo” você tem que ganhar títulos. Grandíssimos jogadores como existem na argentina, não só como Messi, Aguero e Dí Maria, mas também atletas que brilham em suas equipes, percebem que hoje em dia o futebol está muito equilibrado, temos que admitir. A argentina não tem conseguido títulos há muito tempo, porém chegou a uma final de Mundial, duas finais de Copa América, contudo isso não basta, mas para conseguir ganhar você tem que chegar às finais, mas a argentina não ganhou.

- Talvez falte um pouco de sorte, e na final tem outra equipe que deseja ganhar, mas bem, eu creio que a Argentina tem um projeto muito lindo, agora com muito jogadores jovens que estão jogando muito bem, como Lautaro que é um grandíssimo jogador, Paredes. Tomara que esse projeto continue para se consolidar ao final com um título.

Volta ao Brasil?

Lanzini deu o pontapé inicial em sua carreira bem jovem, aos 17 anos, no River Plate. Contudo, em 2011 a equipe argentina foi rebaixada para a segunda divisão, tendo que fazer caixa com seus principais jogadores, e Lanzini foi emprestado aos 18 anos para o Fluminense, que na época era o atual campeão brasileiro. O argentinou ficou somente um ano na equipe carioca, mas foi tempo para ganhar o coração de parte da torcida tricolor. Lanzini disse que está feliz no West Ham, mas despistou sobre o futuro.

- O River é o clube onde fui criado, onde graças à Deus tive a oportunidade de jogar. Quem sabe no futuro possa retornar, mas hoje em dia estou feliz aqui no West Ham.

- Voltar ao Brasil também seria uma opção. No Fluminense me trataram tão bem, a torcida, uma gente muito amável. Fui feliz lá, e quem sabe um dia volte – encerrou Lanzini.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários