Narrador chamou atleta do Boca Juniors de
Reprodução
Narrador chamou atleta do Boca Juniors de "macaco"

Um caso de racismo marcou a partida entre Boca Juniors e River Plate , que terminou empatada em 2 a 2, no último sábado, pela Copa Diego Maradona. Durante a transmissão da rádio FM Top 104.9, o narrador Costa Febre, que é torcedor do River e utilizava a camisa da equipe no momento, se referiu a um dos jogadores do Boca Juniors com as expressões "mono" e "simio", que em português significam macaco .


"Ai, que 'mono', por favor! É tiro livre para... digo por essa imagem que a televisão me deu em primeiro plano, né? Como um 'simio'", disse.

Após a repercussão negativa, o jornalista foi às redes sociais se desculpar pelo ocorrido.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários