Em 2005, Maradona revelou qual frase gostaria que fosse escrita no próprio túmulo
Lance!
Em 2005, Maradona revelou qual frase gostaria que fosse escrita no próprio túmulo

O Gimnasia y Esgrima La Plata , clube em que Diego Maradona era treinador, lamentou sua morte e prestou homenagens ao ídolo que faleceu nesta quarta-feira (25), após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Diego assumiu o comando do Gimnasia em setembro de 2019, 9 anos depois de sua última experiência à frente de uma equipe argentina. No comando do clube, recebeu ínumeras homenagens por todos os estádios que passou, e ajudou o clube a se reestabelecer na tabela. Por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), a temporada argentina foi cancelada

Seu desempenho à frente do clube foi tão satisfatório que em Junho deste ano seu contrato havia sido renovado por mais uma temporada.

Após a divulgação de seu falecimento, os "Triperos" divulgaram uma nota oficial onde lamentou a morte de Maradona:

Você viu?

"Com lágrimas nos olhos, e com a negação como mecanismo de defesa diante desse tipo de situação, nos despedimos do Deus do futebol com profunda dor, aquele que em 8 de setembro de 2019 selou um vínculo de amor incondicional entre Maradona-Triperos, Triperos- Maradona, e isso permanecerá inalterado em nossa história", declararam.

Clube também usou as redes sociais para prestar homenagens. "Vivemos uma história inesquecível". Confira:



Diego estava licenciado de suas funções como treinador desde o início de novembro, quando teve que passar por uma ciriugia no cérebro, e iniciou a recuperação logo depois, enquanto o Gimnasia era treinado por auxiliares.

O último jogo de Don Diego como treinador, à beira do campo, ocorreu em 30 de outubro. Na ocasião, o Gimnasia y La plata não tomou conhecimento do Patronato por 3 a 0 pela Copa Liga Profesional.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários