Caracas x Vasco
Reprodução/Twitter Conmebol
Caracas x Vasco

O Vasco está nas oitavas de final da Sul-Americana . Após vencer o primeiro jogo em São Januário, o Cruzmaltino teve uma atuação sem muita inspiração, mas conseguiu segurar o Caracas , na Venezuela, e com o empate por 0 a 0 avançou de fase na competição.

O adversário da equipe carioca na próxima fase será o Defensa y Justicia, da Argentina. Na fase anterior, a equipe da província de Buenos Aires eliminou o Sportivo Luqueño, do Paraguai, após vencer o primeiro jogo fora de casa e empatar em seus domínios.

Mesmo com a vantagem conquistada na primeira partida, o Vasco começou o duelo contra o Caracas buscando mais o ataque que o rival venezuelano. Aos 11 minutos, o Cruzmaltino balançou as redes. Após levantamento para área, Tiago Reis deu uma cabeçada certeira. No entanto, a arbitragem enxergou impedimento no lance.

A primeira etapa seguiu com o controle vascaíno, porém, sem grandes oportunidades. Aos 31 minutos, o Cruzmaltino quase marcou, porém, em um lance que o goleiro Velásquez quase engoliu um frango, após finalização de Martín Benítez. Oito minutos depois, o Vasco criou outra chance importante. Yago Pikachu serviu Carlinhos, que finalizou para boa defesa do goleiro da equipe venezuelana.

Precisando do resultado, o Caracas teve muitas dificuldades de criar e pouco assustou o Vasco. O Cruzmaltino fez muitas faltas perigosas na entrada da área, porém, apesar disso, o goleiro Fernando Miguel não chegou a ser testado em nenhum momento antes do intervalo.

O segundo tempo começou com o Vasco criando uma boa chance com menos de um minuto. Neto Borges passou pela defesa do Caracas e rolou para Carlinhos. No entanto, o meia acabou finalizando para fora, perdendo grande oportunidade.

Aos cinco minutos, a equipe venezuelana assustou. Após levantamento para a área, Fereira desviou e o goleiro Fernando Miguel saiu bem, impedindo a finalização do ataque do Caracas.

Em busca do gol, o Caracas criou duas oportunidades seguidas. Aos 14 minutos, após levantamento para área, Blanco ajeitou e Hernánez cabeceou, a bola estava indo em direção do gol, mas Ricardo Graça salvou o Vasco. Logo depois, em cobrança de falta, o goleiro Fernando Miguel saiu mal e a bola ficou dentro da área de forma perigosa, mas a defesa do Vasco salvou o lance.

A pressão do Caracas continuou e por pouco os venezuelanos não marcaram aos 18 minutos. Após levantamento para área, Blanco cabeceou, Fernando Miguel fez bela defesa, a bola sobrou para Ferreira, mas o goleiro vascaíno foi mais rápido e impediu a finalização do jogador do Caracas.

Porém, aos 21 minutos, as coisas ficaram mais complicadas para o Caracas. Villanueva fez falta dura em Carlinhos. O jogador da equipe venezuelana já tinha cartão amarelo e recebeu o segundo, deixando os donos da casa em desvantagem numérica.

Com um a mais, o Vasco conseguiu reduzir a pressão dos venezuelanos. O Cruzmaltino ainda teve uma boa chance de conseguir vencer a partida aos 39 minutos. Neto Borges fez ótima jogada e cruzou, a bola passou por Ribamar e Yago Pikachu soltou a bomba, mas a finalização acabou indo para fora. Apesar do erro, o resultado foi mantido e a classificação vascaína foi confirmada.

    Veja Também

      Mostrar mais