Cizeron (de preto) ao lado do namorado
Instagram
Cizeron (de preto) ao lado do namorado

O patinador artístico francês, Guillaume Cizeron , se viu envolvido em uma grande polêmica após postar uma foto em sua conta no Instagram assumindo a sua sexualidade.

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, três vezes campeão mundial, pentacampeão europeu e pentacampeão francês, o esportista publicou uma foto ao lado do namorado e escreveu: “Comemore o amor. Feliz Dia Internacional Contra Homofobia, Transfobia e Bifobia”.

Leia mais: Michael Jordan desabafa sobre morte de George Floyd: "Com muita raiva"

Diante da repercussão, com a postagem somando mais de 22 mil curtidas, o atleta falou sobre a polêmica e alegou que “nunca esteve no armário”. “Foi muito engraçado como as pessoas reagiram a esta foto. Eu não me considerava no armário antes de postar esta foto, então não considero que realmente saí”, comentou o esportista.

Ainda segundo o francês, ele chegou a pensar em não fazer a postagem.  “Ainda hesitei um pouco antes de publicar, porque não tenho o hábito de revelar coisas realmente íntimas. Embora nunca tenha falado publicamente sobre minha orientação sexual, sou daqueles que pensam que não é algo que as pessoas devam fazer. Mas, não sei o que aconteceu comigo e perguntei: 'O que tenho a perder?'”, justificou.

Embora diga que a postagem não seja grande coisa, o esportista apontou que estava “feliz” com a resposta das pessoas. Após a publicação, entretanto, ele observou que perdeu entre 200 e 300 seguidores.

Vale lembrar que Cizeron é parceiro no esporte da também francesa, Gabriella Papadakis . A dupla ganhou notoriedade mundial após um fato inusitado. Na Olimpíada de Inverno de 2018, na Coreia do Sul, quando a dupla ganhou a medalha de prata, sua companheira viveu um grande pior pesadelo ao deixar o seio à mostra por alguns segundos durante a prova eliminatória.

Enquanto se apresentava ao lado do parceiro Cizeron, a francesa foi “traída” pelo seu figurino. Mesmo assim, a jovem atleta, então com 22 anos, não se abalou e continuou com a apresentação, mas a dupla perdeu pontos por causa do incidente. Papadakis deixou a pista de competições abalada e chorando.

Nas redes sociais, internautas criticaram, na época, a OBS, empresa que cuidava da transmissão oficial das Olimpíadas, por utilizar o recurso do slow motion no exato momento em que o seio da atleta ficou para fora.

    Veja Também

      Mostrar mais