Lance

Lance

Diego Costa
Reprodução
Diego Costa

Nesta sexta-feira, procuradores da Espanha afirmaram que podem pedir a prisão de Diego Costa por até seis meses, sob acusação de fraude fiscal no país europeu, onde, atualmente, o atacante defende o Atlético de Madrid. Ele ainda poderá receber uma multa de 507.208 euros (cerca de R$ 2,9 milhões).

Leia também: Ralf é apresentado e fala grosso: ‘se quisesse diversão iria para Disney’

Aos 31 anos, Diego Costa é acusado de não pagar mais de 1.014.416 de euros (R$ 5,8 milhões) em impostos relativos a direitos de imagem no valor de 5,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 30,2 milhões).

Esclarece-se: em 2014, o hispano-brasileiro não teria declarado estes ganhos em seu imposto de renda. Contudo, Diego possui poucas chances de ser preso na Espanha, uma vez que sentença menores de dois anos podem ser suspensas pela Justiça, cujo julgamento será realizado na próxima quinta-feira.

Cabe lembrar que o caso envolvendo Diego Costa está longe de ser o único na Espanha nos últimos anos. Messi, do Barcelona, Cristiano Ronaldo e José Mourinho, então representantes do Real Madrid, por exemplo, passaram por situações similares, que culminaram em multas pesadas - nunca em prisão. 

    Veja Também

      Mostrar mais