A Covid-19 fez mais uma vítima fatal no mundo do esporte. Desta vez, o zagueiro Goyo Benito, lenda do Real Madrid nos anos 1970. De acordo com o jornal espanhol "Mundo Deportivo", ele sofria de alzheimer e testou positivo para o coronavírus no mês passado. O ex-jogador tinha 73 anos.

Leia também: Coronavírus: Wimbledon é cancelado pela primeira vez em 70 anos

real madrid arrow-options
Reprodução
Ídolo do Real Madrid morreu após contrair Covid-19


Os merengues confirmaram o falecimento de Goyo através de um comunicado em que relembraram a trajetória vitoriosa do zagueiro em Madri. Foram seis títulos do Campeonato Espanhol e cinco da Copa do Rei ao longo de 14 temporadas no Real.

Um dos maiores ídolos recentes do clube, o ex-goleiro Casillas foi um dos primeiros a se manifestar nas redes. "Continuamos recebendo notícias tristes a nível nacional e global. Hoje, nos deixa também uma pessoa incrível e um madridista de coração e raça. Descanse em paz, Goyo Benito. Meus pêsamos a sua família e amigos", escreveu o ex-jogador.

Goyo não é o primeiro nome de peso da história do Real a perder a vida como consequência da Covid-19. No último dia 21, o ex-presidente Lorenzo Sanz se tornou vítima da doença, aos 76 anos. Também na Espanha, o coronavírus matou o ídolo e ex-jogador do Atlético de Madrid José Luis Capón, aos 72.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais