Tamanho do texto

Camisa 7 ficou irritado ao ser substituído no começo do segundo tempo do duelo diante do Milan, pelo Campeonato Italiano

Cristiano Ronaldo nem olhou para o técnico Maurizio Sarri ao ser substituído arrow-options
Gazzetta dello Sport / Reprodução
Cristiano Ronaldo nem olhou para o técnico Maurizio Sarri ao ser substituído

No final de semana, o português Cristiano Ronaldo ficou extremamente irritado ao ser substituído no começo do segundo tempo do jogo da Juventus  contra o Milan, pelo Campeonato Italiano.

Leia também: Capello critica Cristiano Ronaldo: "Não dribla ninguém há três anos"

Por conta desse "piti" na saída do gramado, Cristiano Ronaldo terá que fazer um pedido de desculpas ao seus companheiros de time, segundo informou o diário  La Gazzetta Dello Sport . Essa foi uma exigência da diretoria da Juve e também do elenco.

CR7 deu lugar ao argentino Paulo Dybala aos 10 minutos da etapa final e foi direto para o vestiário, sem cumprimentar o técnico Maurizio Sarri e demais jogadores que estavam no banco de reservas.

Além dessa atitude, o atacante também teria deixado o estádio em Turim antes do apito final.

O mais curioso é que Dybala foi o autor do gol da vitória da Velha Senhora por 1 a 0, balançando as redes aos 32 minutos.

Leia também: Mãe de Cristiano Ronaldo polemiza: "Existe uma máfia no futebol"

Depois do episódio, Cristiano Ronaldo se apresentou à seleção de Portugal para os jogos da data Fifa e ainda não se retratou na Juventus. 

    Leia tudo sobre: Futebol