Tamanho do texto

Momento político no Chile é muito conturbado por conta de protestos violentos, e partida entre Flamengo e River Plate deve ser em outro país

arrascaeta arrow-options
Marcelo Cortes / Flamengo
Flamengo e River Plate devem disputar final da Libertadores em outro país

Apesar da postura da Conmebol que confirma que a final da Libertadores será no Chile , o momento no país da América do Sul é muito delicado. O governo local cancelou dois grandes eventos internacionais em Santiago, a capital do país: a APEC e a COP25. A final do principal torneio de clubes do continente deve ser a próxima.

Leia também: Conmebol estuda a possibilidade de mudar a final da Libertadores para dois jogos

Este pode ser o segundo ano seguido que a entidade sul-americana poderá ter que trocar a final da Libertadores . Em 2018, a decisão entre Boca e River teve que sair da Argentina e ir para a Espanha. O motivo foi uma briga antes do segundo jogo que aconteceria no estádio do River Plate.

Leia também: Cavani no Flamengo? Jornalista da ESPN diz que uruguaio é possível alvo

O Chile vive um momento político extremamente conturbado com uma onda de protestos violentos. Flamengo e River Plate decidem a Libertadores no próximo dia 23. A partida está marcada para Santiago.