Tamanho do texto

Segundo a Fifa, o atacante Juan Barrera teria votado no argentino como melhor do mundo, informação que foi negada pelo atleta em entrevista

Messi levou o prêmio arrow-options
Divulgação/Fifa
Messi levou o prêmio "The Best" da Fifa

O argentino Lionel Messi foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa na última segunda-feira (23) e levou pra casa o troféu do " The Best " pela sexta vez em sua carreira, se isolando como o maior vencedor da história.

Leia também: Cristiano Ronaldo diz que merece ganhar mais Bolas de Ouro do que Messi

Após o encerramento da premiação, a Fifa divulgou os votos dos jornalistas e dos capitães e técnicos das seleções nacionais. Nesta quarta-feira (25), porém, uma polêmicia colocou em cheque a credibilidade da lista.

Em entrevista ao jornal "La Prensa", o atacante Juan Barrera, da seleção na Nicarágua , negou que tenha escolhido Lionel Messi como melhor do mundo, conforme informava a lista da entidade.

Leia também: Cabe no seu time? Lionel Messi estuda a possibilidade de jogar na América do Sul

"Eu não votei em Messi . Ni ano passado, votei nele. Mas, desta vez, não votei", revelou Barrera, que ainda informou que sequer recebeu um e-mail da Fifa para realizar o seu voto.