Tamanho do texto

O zagueiro ainda atuava pelo Groningen, da Holanda, quando precisou batalhar por sua vida após ser diagnosticado com um quadro grave

Van Dijk foi eleito o melhor jogador do mundo pela Uefa arrow-options
Getty Images
Van Dijk foi eleito o melhor jogador do mundo pela Uefa

O zagueiro Virgil Van Dijk foi eleito o melhor jogador do mundo pela Uefa em 2019 , e ficou atrás apenas de Lionel Messi na premiação da Fifa. As conquistas são muito emblemáticas, ainda mais para o jogador do Liverpool, que há sete anos precisou lutar por sua vida.

Leia também: Justo? Neymar é o terceiro melhor jogador nos games Fifa 20 e PES 2020

Em 2012, quando tinha apenas 21 anos, Van Dijk foi diafnosticado com apendicite, peritonite e uma infecção nos rins, combinação que em muitos casos causa a morte da pessoa.

"A única coisa que vi foram os tubos colocados em cima de mim. Meu corpo estava quebrado e eu não podia fazer nada. Nesse momento, os piores cenários estavam rodeando a minha cabeça", revelou o zagueiro do Liverpool a FourFourTwo em uma entrevista.

Virgil Van Dijk e Wijnaldum posam com a taça da Champions League arrow-options
Reprodução
Virgil Van Dijk e Wijnaldum posam com a taça da Champions League

Temendo o pior, o jogador, que ainda defendia o Groningen, da Holanda, chegou a escrever seu testamento : "Se eu morresse, uma parte do meu dinheiro iria para a minha mãe. É claro que não queríamos falar sobre isso, mas tínhamos que fazer. Poderia ter terminado ali", revelou.

Leia também: Recusado por 12 casais, deficiente visual leva prêmio da Fifa; conheça história

Após sobreviver ao maior obstáculo de sua vida, Van Dijk seguiu sua carreira e hoje faz história no futebol, levantando a taça da Champions League pelo Liverpool e sendo eleito o melhor zagueiro do mundo.