Tamanho do texto

Após cair de divisão na competição, seleção alemã é beneficiada por alteração no regulamento promovida pela entidade nesta terça-feira

Lance

Após mudança no regulamento, Alemanha se mantém na elite da Liga das Nações arrow-options
Reprodução
Após mudança no regulamento, Alemanha se mantém na elite da Liga das Nações

Nesta terça-feira, em comitê realizado na cidade de Ljubljana, capital da Eslovênia, a Uefa anunciou que a próxima edição da Nations League terá mudanças no regulamento, e que, curiosamente, beneficiará a Alemanha, rebaixada em 2019.

Leia mais: Uefa anuncia palcos que sediarão as próximas três finais da Champions League

No comitê, a entidade ampliou o número de seleções das Ligas A, B e C, três primeiras divisões, de 12 para 16 equipes, o que acabou salvando a Alemanha , rebaixada nesta última edição da primeira divisão. A Liga D terá sete seleções.

Estreante no calendário do futebol europeu, a Liga das Nações foi um sucesso total logo em sua primeira edição. Com estádios lotados e jogos bem disputados, o torneio foi visto como um acerto da Uefa . A nova edição acontecerá em 2020/2021.