Tamanho do texto

A instabilidade física do atacante da seleção brasileira pesou na desistência do clube espanhol em contratá-lo

Neymar segue no PSG arrow-options
Twitter / PSG
Neymar segue no PSG

O Real Madrid surgiu como um dos interessados em contratar Neymar na janela de transferências que se encerrou na segunda-feira, mas a negociação com o PSG não se concretizou e o brasileiro segue no clube francês.

Leia também: "Preso" ao PSG, Neymar se frustra pela primeira vez em janela de transferências

Segundo o jornal espanhol Marca , o pai de Neymar ligou diversas vezes para diretoria merengue para tentar fechar o negócio, mas o Real se esquivou e desistiu por um motivo específico: a instabilidade física do atacante da seleção brasileira.

TENTATIVAS

De acordo com a publicação, o pai de Neymar ligou diretamente para o presidente Florentino Pérez, que também levou em consideração o alto valor pedido pelo PSG. Os parisienses ressaltaram que o brasileiro só sairia caso chegasse uma oferta de 300 milhões (1,3 bilhão) ou mais.

PARTE FÍSICA

Um dos grandes fatores, porém, foi a instabilidade física, isto é, os riscos do jogador se lesionar, assim como suas lesões recentes. Desde que chegou no PSG, o brasileiro já perdeu 48 jogos por lesão. O atacante ficou de fora das últimas duas disputas das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Leia também: Com português na liderança, veja top 10 de contratações mais caras da janela

DESCARTADO

No início da janela, a imprensa espanhola também chegou a especular que o treinador Zinedine Zidane não gostaria da contratação de Neymar e preferia investir na vinda de Paul Pogba, que também não se concretizou. O técnico francês teria medo da influencia negativa que o camisa 10 do Brasil poderia trazer nos jovens da equipe, como Vinícius Júnior e Rodrygo.

    Leia tudo sobre: Futebol