Tamanho do texto

Jogador chegou a ser detido pelas autoridades, mas foi liberado e retornou à concentração da equipe argentina, que joga pela Libertadores nesta quinta

Nicolás De La Cruz recebe voz de prisão arrow-options
Reprodução/Twitter River Plate
Nicolás De La Cruz recebe voz de prisão

O meia Nicolás De La Cruz, do River Plate, chegou a receber uma ordem de prisão da justiça paraguaia, nesta quarta-feira (28), por agredir dois policias há três anos, quando defendia o Liverpool, do Uruguai.

Saiba como assistir Fluminense e Corinthians pela Sul-Americana ao vivo e grátis

Após ser detido temporariamente pelas autoridades,  Nicolás De La Cruz foi liberado e voltou para a concentração da equipe argentina, em Assunção. O River Plate está no Paraguai para o jogo de volta das quartas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño , que acontece nesta quinta-feira (29). Na partida de ida, o River venceu por 2 a 0.

De La Cruz, que é irmão de Carlos Sánchez, jogador do Santos, está liberado para enfrentar o Cerro, mas ainda não está livre da acusação. Ele terá de voltar ao Paraguai em breve para prestar novos esclarecimentos.

Entenda o caso

No dia 14 de fevereiro de 2016, o Liverpool-URU encarou o São Paulo pela Libertadores Sub-20. Na ocasião  Nicolás De La Cruz e outros quatro jogadores do time uruguaio se envolveram em confusão com a polícia no estádio Defensores Del Chaco. Dias depois da saída do país, os cinco atletas foram autuados por “resistência à autoridade”.