Tamanho do texto

Jornal espanhol fala em "terremoto interno" entre Florentino Pérez e o treinador francês por conta do jogador brasileiro

Neymar caído arrow-options
LEquipe / Reprodução
Neymar não caiu nas graças de Zidane, que não quer vê-lo no Real Madrid

O futuro do atacante Neymar segue incerto. Ele continua no PSG , mas Barcelona e Real Madrid , rivais na Espanha, ainda são os possíveis destinos do jogador brasileiro na próxima temporada.

Leia também: Barça, Real, Juve... Qual o melhor destino para Neymar na próxima temporada?

E o Real Madrid vive um embate interno entre o presidente do clube, Florentino Pérez, e o técnico Zinedine Zidane, que não seguem a mesma linha de raciocínio sobre Neymar .

Segundo o jornal Sport, a intenção de contratar o camisa 10 da seleção brasileira está causando "um novo terremoto interno" no Santiago Bernabéu. Florentino quer investir pesado no atacante, enquanto o treinador não quer contar com ele.

A publicação espanhola lembra ainda que o mandatário do Real mantém um bom relacionamento com o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, e sabe que a situação do brasileiro é insustentável no time francês.

A possível chegada de Neymar serviria também para suprir o vazio midiático e de marketing deixado por Cristiano Ronaldo, que foi para Juventus em 2018. O presidente do Real busca um nome de impacto e o brasileiro é o seu maior desejo.

Ainda de acordo com o Sport, Al-Khelaïfi gosta da ideia de "aplicar um castigo duplo" ao Barcelona, já que negociar Neymar com o Real Madrid, em uma operação direta sem envolver jogadores, seria "um mal menor para o PSG e uma doce vingança para a estrela rebelde e para o Barcelona".

Mas Florentino Pérez precisa convencer Zinedine Zidane, que está barrando esse acordo. O treinador francês rejeita a chegada de Neymar por questões esportivas, já que não haveria lugar para o astro brasileiro em seu esquema tático. Sua presença sobrecarregaria o lado esquerdo e "criaria uma canibalização futebolística" com Eden Hazard.

    Leia tudo sobre: Futebol