Tamanho do texto

Ruddy Zambrano comentou lances de Arthur em Otamendi e 'enrosco' de Daniel Alves e Kun Agüero. Confira o que ele disse

brasil x argentina
MOWA/ DIVULGAÇÃO CBF
Argentinos ficaram na bronca com arbitragem da Copa América

Lance


A Copa América terminou com o título do Brasil, no último domingo (07), mas os lances duvidosos da partida entre a seleção brasileira e a Argentina, pelas semifinais do torneio, não param de repercutir.

Leia também:  Ex-jogador do Liverpool tem cachorro roubado e apela: "Pago qualquer coisa"

Nesta terça-feira (09), o árbitro equatoriano Roddy Zambrano, que apitou o clássico sul-americano na Copa América disputado há exatamente uma semana, no Mineirão, falou à Radio Super K-800, do Equador, sobre as jogadas que geraram protestos por parte dos argentinos.

Os lances em questão são dois, ambos no segundo tempo, quando o Brasil vencia o duelo por 1 a 0.

A primeira, e que mais gerou reclamação, foi um encontrão entre Arthur e Nicolás Otamendi, em que o brasileiro teria impedido a progressão do zagueiro. O segundo, uma disputa entre Daniel Alves e Sergio Aguero, em que o argentino terminou no chão, a equipe brasileira ficou com a bola e acabou construindo a jogada do segundo gol, marcado por Gabriel Jesus.

"O VAR revisou a jogada de Otamendi, determinou que era 50/50 e não me chamou para ver, não consideraram que foi uma jogada de pênalti claro. Hoje digo que poderiam ter me chamado. Na jogada de Aguero, é claro que ele pisa em Daniel Alves", explicou Zambrano. 

A principal reclamação dos jogadores e da mídia argentina é que as disputas sequer foram chamadas para a revisão do árbitro de vídeo, que na oportunidade, estava sob o comando de Leodan González, do Uruguai. Roddy Zambrano detalhou sua opinião sobre a mais polêmico das jogadas, envolvendo o zagueiro do Manchester City.

"Otamendi se choca com o defensor rival. Busca o choque. É uma jogada "cinzenta", um 50 a 50. O VAR não pôde intervir", disse.

Leia também:  Camisa verde e amarela da Adidas configura concorrência desleal com a Nike

A partida entre Brasil e Argentina terminou com vitória brasileira por 2 a 0, com gols de Gabriel Jesus e Firmino. O resultado enviou a Alviceleste para disputa de terceiro lugar contra o Chile, vencido pelo time argentino, mas que teve expulsão exagerada de Lionel Messi ainda no primeiro tempo - aumentando as críticas sobre a arbitragem da Copa América.