luis enrique na seleção da espanha
Reprodução
Luis Enrique pediu para sair do comando da seleção da Espanha

Nesta quarta-feira (19) o técnico da seleção espanhola, Luis Enrique, renunciou ao cargo. De acordo com o presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, a saída do treinador seria por motivos pessoais.

Leia também:  Reação de Galvão Bueno com Fernandinho na seleção viraliza nas redes sociais

“Foi uma decisão de Luis Enrique , pela qual agradecemos. Teremos uma lembrança perfeita dele. É uma questão pessoal que não depende de nós. Achamos que é a melhor coisa a se fazer”, disse Rubiales durante coletiva de imprensa.

Luis Enrique já estava afastado da seleção desde a primeira partida da Espanha nas Eliminatórias da Eurocopa 2020, contra a Noruega.

O treinador de 49 anos estava no Barcelona antes de assumir a seleção espanhola em julho de 2018, após a Copa do Mundo masculina da Rússia. Com a demissão de Julen Lopetegui antes do torneio, o técnico interino Fernando Hierro foi quem comandou os espanhóis no Mundial e acabou eliminado nas oitavas de final para os anfitriões.

O substituto de Luis Enrique será Robert Moreno , que já vinha como ‘técnico interino’ nas três últimas partidas da Espanha contra Malta (vitória por 2 a 0), Ilhas Faroe (vitória por 4 a 1) e Suécia (vitória por 3 a 0).

“É um dia agridoce para mim. Eu sonhava em ser treinador, mas não assim. Vamos trabalhar honestamente e tentar levar o trabalho que Luis Enrique fez ao mais alto nível ao se qualificar e vencer a Euro 2020 ”, disse Moreno.

Leia também:  Relembre sete traumas da seleção brasileira masculina jogando em casa

O próximo compromisso de Robert Moreno, agora oficialmente técnico da seleção espanhola, será contra a Romênia na quinta rodada das Eliminatórias da Euro, no dia 05 de setembro. Até o momento a ex-equipe de Luis Enrique lidera o Grupo F com 12 pontos, cinco a mais que o segundo colocado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários