jogadores do Grasshopper
Reprodução/Twitter
Torcedores do Grasshopper, da Suíça, invadiram o campo e pediram que jogadores entregassem as camisas.

Vira e mexe, o futebol proporciona momentos curiosos. No último final de semana, não foi diferente. Em partida válida pelo Campeonato Suíço, a torcida do tradicional Grasshopper invadiu o campo e exigiu que os jogadores entregassem suas camisas. O incidente aconteceu durante a partida em que o rebaixamento do time vinha sendo confirmado.

Leia também:Jogador é expulso, deixa campo escoltado e é agredido dentro do túnel do estádio

A invasão da  torcida aconteceu durante o segundo tempo da partida contra o Luzern, enquanto o  Grasshopper  vinha sendo derrotado por 4 a 0. Por volta dos 70 minutos de jogo, uma parte da torcida invadiu o campo de forma calma, sem correrem pelo estádio. O grupo de torcedores exigia conversar com os jogadores. 

O goleiro e capitão da equipe Lindner se aproximou e conversou pacificamente com os torcedores. Os demais atletas começaram a se aproximar do grupo, que pediu que eles entregassem os  uniformes . De acordo com os jornais locais, o argumento é que os jogadores não seriam dignos de vestir a camisa do clube. Confira o momento abaixo (a partir dos 1:44)

Por conta da invasão, a partida foi interrompida pelas autoridades. A imprensa suiça indica que a Federação Suíça de Futebol irá declarar o Luzern vencedor do jogo. O resultado leva o Grasshopper ao primeiro rebaixamento de sua história.

Após a invasão da  torcida , o Grasshopper se manifestou através de uma nota. Nela, o clube condena a atitude da torcida. "Isso é uma vergonha e simplesmente inaceitável. Colocar em perigo torcedores, funcionários do estádio e jogadores não é aceitável pelo Grasshopper. Desordeiros abalam o futebol desta forma", disse a equipe na nota.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários