Arthur estava no Camp Nou quando sua casa foi roubada
Getty Images
Arthur estava no Camp Nou quando sua casa foi roubada

O volante Arthur não conseguiu comemorar bem a vitória do Barcelona sobre o Liverpool por 3 a 0, pelas semifinais da Champions League. Enquanto estava no Camp Nou, na tarde de quarta-feira, a sua casa foi assaltada na capital da Catalunha, segundo o canal espanhol “La Sexta”.

Conforme a emissora, dois homens encapuçados entraram em casa de Arthur por uma janela. Lá, os bandidos encontraram o irmão do volante e o ameaçaram de morte com uma faca e uma chave de fenda no pescoço. Entre os objetos roubados estavam várias joias e um relógio Rolex. 

O jornal “Mundo Deportivo” disse que o irmão do jogador não estava na casa no momento em que os ladrões entraram, mas saiu logo após o término do jogo de Camp Nou , e quando chegou à casa encontrou dois homens encapuzados. Dentro da casa também era governanta do brasileiro.

Leia também: Criticado na Espanha, Arthur fala sobre ida à festa de Neymar: "acho que errei"

Apenas quando os ladrões saíram com os objetos que o irmão do jogador chamou Arthur e ele entrou em contato com os agentes de segurança da primeira equipe do Barcelona , que ativou o protocolo e imediatamente contatou as forças de segurança do estado.

O 'modus operandi' é o mesmo que outros atletas que tiveram a casa assaltada na Espanha têm sofrido na temporada, sempre em dia de jogos. Neste caso, Arthur estava em Camp Nou, mas não jogou frente ao Liverpool, ficando no banco.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários