Arthur compareceu na festa de Neymar, em Paris, e se machucou três dias depois, virando alvo da mídia espanhola
Getty Images
Arthur compareceu na festa de Neymar, em Paris, e se machucou três dias depois, virando alvo da mídia espanhola

Nesta quarta-feira (13) o Barcelona encara o Lyon, no Camp Nou, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões (a primeira partida foi 0 a 0). E o meia brasileiro Arthur foi escolhido para falar com a imprensa na coletiva pré-jogo.

Leia também:  Mbappé, Neymar ou Hazard? Quem chega ao Real Madrid de Zinedine Zidane?

Retornando de uma lesão muscular na coxa direita, Arthur falou sobre a expectativa para o jogo decisivo de amanhã. “Estamos focados e concentrados, sabemos da dificuldade da Liga dos Campeões, por isso precisamos jogar o melhor que pudermos”, disse.

Perguntado sobre sua ausência no último mês e pelo mal-estar que sua ida ao aniversário de Neymar gerou no Barcelona, Arthur disse que se arrependeu do que fez. “Acho que errei indo a Paris na festa de Neymar. A vida tem isso, pois às vezes você acerta e às vezes erra. Estava animado para ir e sou suficientemente adulto para assumir minhas responsabilidades”, afirmou o atleta.

Relembrando o caso: Neymar deu uma festa de aniversário no início de fevereiro, em Paris, para comemorar seus 27 anos de idade. Muitos atletas foram convidados, entre eles Arthur que compareceu na festa. Três dias depois o meia se lesionou e a história não ficou boa nos bastidores do Barcelona.

Leia também:  Após 42 minutos de jogo, Júlio Baptista recinde contrato com time romeno

Você viu?

“Sabia o que fazia, mas peço desculpas a quem se sentiu ofendido. Meus companheiros me ajudaram muito nesta e demonstraram preocupação comigo”, declarou.

Arthur retornou aos gramados no dia 02 de março no clássico contra o Real Madrid, pela La Liga, e também esteve em campo na vitória dos catalães contra o Rayo Vallecano, no último sábado.

Acompanhando Arthur, Valverde foi questionado sobre a novidade na Espanha, o retorno de Zinedine Zidane ao comando do Real Madrid. O treinador respondeu firmemente.

“Zidane é um grande treinador, veio para um grande clube e iremos defrontá-lo. Não há nada para entender [sobre o porquê do retorno após deixar o comando dos merengues há nove meses], cada um toma as suas decisões e ele tomou a sua. Voltaremos a encontrar-nos, espero”, disse.

Leia também: 

Arthur , Messi e companhia enfrentam o Lyon nesta quarta-feira (12) as 17h00. No mesmo horário, Bayern de Munique e Liverpool decidem a outra vaga para as quartas de final. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários