Tamanho do texto

Horacio Sala, de 58 anos de idade, morreu na madrugada desta sexta-feira, vítima de um ataque cardíaco

Horacio Sala, pai de Emiliano Sala
El Pais/Reprodução
Horacio Sala, pai de Emiliano Sala, morreu na Argentina

Três meses após o acidente de avião que matou Emiliano Sala, atacante argentino que estava se transferindo do Nantes, da França, para o Cardiff City, do País de Gales, o pai do atacante, morreu de infarto.

Leia também: Amigo de Emiliano Sala, jogador morre em acidente de carro na Argentina

Horacio Sala , de 58 anos de idade, não resistiu a um ataque cardíaco fulminante na madrugada desta sexta-feira. O pai de Emiliano Sala estava em sua casa, em Progreso, Santa Fe.

O homem ligou para a emergência médica, mas quando a ambulância chegou em sua casa já era tarde. 

A informação inicial foi dada pelo canal de TV argentino "C5N", e confirmada por Daniel Ribero, presidente do clube local San Martín de Progreso .

"Esta madrugada, ele sentiu uma dor no peito. Chamaram o médico, mas, quando chegou, o Horacio já tinha falecido. Tinha estado com ele durante a semana. Cruzei com ele na rua e passamos meia hora falando do cultivo da soja, do caminhão. Eu o notava melhor, com vontade de falar", disse Daniel Ribero.

Emiliano Sala com a mão no peito
Divulgação
Emiliano Sala faleceu após o avião onde estava cair no Canal da Mancha no dia 21 de janeiro de 2019

A última aparição pública do pai de Sala foi em fevereiro, quando soube que o avião havia sido encontrado no Canal da Mancha. "Eu não posso acreditar. Isso é um sonho, um sonho ruim. Estou desesperado", disse na ocasião ao “Crónica TV”.

Emiliano Sala morreu no dia 21 de fevereiro, quando monomotor na qual viajava saiu de Nantes, na França, em direção a Cardiff , no País de Gales, mas caiu ao sobrevoar o Canal da Mancha.

A família criou um fundo para arrecadar dinheiro e continuar as buscas, até que encontrou destroços do avião no fundo do mar e o corpo do atleta, no dia 7 de fevereiro, que estava localizado a bordo dos restos do aparelho, com 67 metros de profundidade. O piloto não foi encontrado.

Leia também: Especialista explica imbróglio entre Nantes e Cardiff City no caso Emiliano Sala

O funeral aconteceu nove dias depois, em Progreso, cidade natal do jogador, onde residia sua família.

Emilian Sala estava no melhor momento de sua carreira quando morreu no acidente de avião. O atacante do FC Nantes, da França, havia acabado de assinar um contrato com o Cardiff para evoluir na Premier League.

    Leia tudo sobre: Futebol