Tamanho do texto

Clube francês exige o pagamento referente à transferência do jogador argentino, que acabou morrendo em acidente aéreo

Emiliano Sala morreu em acidente aéreo no Canal da Mancha
Divulgação
Emiliano Sala morreu em acidente aéreo no Canal da Mancha

No mês passado, o Nantes, da França, entrou com um recurso na Fifa exigindo que o Cardiff City, do País de Gales, pague a primeira parcela da transferência do atacante argentino Emiliano Sala, morto em janeiro após um acidente aéreo no Canal da Mancha. 

Leia também: Nantes entra com recurso na Fifa para cobrar dinheiro de transferência de Sala

O pedido do Nantes é baseado no artigo 12 do estatuto de transferência de jogadores da entidade que rege o futebol mundial.  Emiliano Sala  foi vendido ao time que disputa o Campeonato Inglês por 17 milhões de euros (R$ 74 milhões na cotação atual).

Neste primeiro momento, o clube francês está exigindo o pagamento da primeira das três parcelas, que é de 6 milhões de euros.

Em contato com a reportagem do iG Esporte, o advogado Carter Batista, sócio do Osório Batista Advogados, especialista no assunto, explicou o que pode acontecer neste caso .

"Segundo a imprensa britânica, o Cardiff City afirma que o contrato assinado entre o clube e o atleta antes de sua morte não foi chancelado pela Premier Legue, razão pela qual a transferência não foi cabalmente concluída", disse.

Leia também: Fifa 19 decide remover Emiliano Sala do jogo em respeito à sua morte e legado

"O fato do contrato não ter sido registrado na Liga, ensejaria nulidades. O clube galês também estaria aguardando o final das investigações do acidente, pois afirma que o voo foi encomendado pelo clube francês", continua Carter Batista.

"Claro que para uma análise mais acurada e precisa, seria necessário analisar os instrumentos que foram assinados. Porém, com base no que foi noticiado, arriscaria dizer que no fim das contas, o Cardiff terá que arcar com os pagamentos a que se comprometeu, tendo em vista que o atleta assinou com o clube galês antes do acidente e as supostas irregularidades apontadas pela Premier League não teriam o condão de anular o negócio", finalizou.

Torcedores do Nantes fizeram homenagem a Emiliano Sala
LOIC VENANCE / AFP
Torcedores do Nantes fizeram homenagem a Emiliano Sala

Vivendo o auge da carreira com a camisa do Nantes , o contrato de Sala com o Cardiff foi assinado em 21 de janeiro deste ano, mesmo dia que o avião que levava o atleta da França para o País de Gales caiu no Canal da Mancha.

O corpo do jogador argentino foi encontrado no fundo do mar somente 18 dias depois. Após ser identificado pelas autoridades, a família de Sala providenciou o translado até a Argentina, onde o atleta foi enterrado.

Leia também: Mãe de Emiliano Sala pede esclarecimento sobre acidente: "Exijo justiça"

O corpo do piloto David Ibbotson, que estava com Emiliano Sala no avião, ainda não foi encontrado. Em vaquinha online, a família de David arrecadou 3 milhões de euros e as buscas chegaram a ser retomadas, mas ainda sem sucesso

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.