Tamanho do texto

No vídeo, os torcedores da Lazio afirmam repetidamente no cântico racista que "esta banana é para Bakayoko"; veja abaixo

Bakayoko é abraçado por jogador da Lazio
Reprodução
Jogador do Milan sofreu ofensas racistas

Um vídeo da torcida da Lazio cantando músicas racistas contra o meio-campista Tiemoué Bakayoko, do Milan, durante a partida de ontem (17) contra a Udinese, pelo Campeonato Italiano, começou a circular nas redes sociais.

Os cânticos racistas estão sendo tratados como uma resposta dos torcedores do time da capital contra a celebração do jogador francês e do companheiro de Milan , Franck Kessié, após a partida diante da Lazio , na qual a camisa do zagueiro Francesco Acerbi foi exibida como um troféu.

Leia também: Promessa da Juve é vítima de racismo e Bonucci critica: "50% da culpa é dele"

No vídeo, os torcedores da Lazio afirmam repetidamente que "esta banana é para Bakayoko ". A Federação Italiana de Futebol (Figc) ainda não se pronunciou sobre o episódio.

Segundo o jornal "Tuttosport", o promotor da Figc, Giuseppe Pecoraro, já encerrou as investigações da comemoração. Assim, os dois jogadores rossoneri poderão ser suspensos e condenados a pagarem uma multa. Já para o atacante Patrick Cutrone, do Milan, o caso de racismo contra Bakayoko e Kessié já está fora de proporção.

Com Kessié e Bakayoko relacionados, o Milan entrará em campo diante do Parma, neste sábado (20), no estádio Ennio Tardini.

    Leia tudo sobre: Futebol