Tamanho do texto

Através de rede social, meia esclareceu gesto. Apesar da retratação, motivo da comemoração permanece duvidoso

Coutinho fazendo sinal de positivo pelo Barcelona
Marca/Divulgação
Coutinho foi pivô de polêmica após comemoração na Champions

Após muita polêmica por conta de comemoração, Philippe Coutinho pronunciou-se sobre o caso.  Através de seu Instagram, o meia do Barcelona disse que "nunca desrespeitou ninguém, dentro ou fora do futebol". Ainda segundo o meia, as pessoas estariam falando sobre o gesto para tirarem o foco do que é importante. 

Leia também: Philippe Coutinho é criticado por jornais após comemoração polêmica no Barcelona

Coutinho se pronuncia sobre polêmica
Reprodução/Instagram
Em seu Instagram, Coutinho se pronunciou sobre comemoração polêmica.

"Nunca devemos ouvir as pessoas que nos desmotivam, porque seus discursos apenas vão nos desviar do foco real que deveríamos tomar. Na minha vida eu nunca desrespeitei ninguém, dentro ou fora do futebol" ,afirmou Coutinho .

Após marcar o terceiro gol do Barcelona na vitória contra o Manchester United pela Champions, o meia levou as mãos às orelhas na comemoração. Por viver um momento instável e ter sido alvo de diversas críticas, muitos consideraram o gesto como uma provocação aos críticos. A comemoração foi criticada e muitos torcedores pediam uma retratação do brasileiro. 

Apesar do post, o meia ainda não deixou claro o real motivo da comemoração. Em uma temporada abaixo do esperado, Coutinho estaria infeliz na Espanha. Por isso, nos últimos dias, o nome do meia vem sendo especulado em diversos clubes. A princípio, Chelsea, Manchester United e PSG seriam os maiores interessados em contratar o brasileiro.

Leia também: Em baixa no Barça, Philippe Coutinho entra no radar de gigantes ingleses e PSG

Independentemente do momento de  Coutinho , o Barcelona voltará a campo pela Champions League daqui duas semanas.  A equipe blaugraná disputará com o Liverpool uma vaga na final do torneio. O jogo de ida acontecerá dia 1 de maio, no Camp Nou. Já a volta será em Anfield no dia 7 de maio.

    Leia tudo sobre: Futebol