Tamanho do texto

A entidade máxima do futebol sul-americano escolheu uma capivara para ser o mascote da competição por ser 'amigável, simpática e adorar futebol'

mascote da copa américa
Reprodução
Conmebol divulgou que o mascote da Copa América do Brasil será uma capivara

Na manhã desta sexta-feira (05) a Conmebol anunciou em suas redes sociais o mascote da Copa América Brasil 2019.

Leia também:  Helicóptero pousa dentro do campo e "sequestra" jogador; assista ao vídeo

O animal escolhido para a 46ª edição da Copa América foi uma capivara. De acordo com a entidade é o “animal mais futebolístico, simpático e adorável”. A votação de escolha do nome do mascote já está aberta.

Os torcedores podem participar pelo Facebook e Twitter da Conmebol até o dia 12 de abril e escolherem entre os dois apelidos escolhidos para a capivara: Zizito e Capibi. Veja abaixo o significado de cada um dos nomes:

·  Capibi  é uma homenagem à população indígena da América do Sul, o povo da terra. O nome mistura as fonéticas das palavras em Tupi kapii´gwara – capivara – e yby – terra, chão que se pisa. 

·  Zizito  homenageia o ídolo brasileiro Zizinho, artilheiro máximo da CONMEBOL Copa América com 17 gols, ao lado do argentino Norberto Méndez. O sufixo “ito” é a forma de diminutivo na língua espanhola, como o “inho” na língua portuguesa. 

O gerente geral de competição do Comitê Organizador Local da Conmebol Copa América Brasil 2019 , Thiago Jannuzzi, explica todo o simbolismo por tras do animal.

mascote da Copa América com placas de nomes
Divulgação
Os nomes Zizito e Capibi foram colocados em votação

“A capivara está presente na América do Sul e é conhecida por se relacionar bem com todos os animais. Simboliza a amizade, a forma amável com que os brasileiros receberão todos os fãs do futebol nesta grande celebração do futebol sul-americano”, disse Jannuzzi.

A capivara é o maior roedor do mundo e habitante das margens dos rios. É um mamífero herbívoro que pesa entre 20 e 80 kg e tem pelagem densa e geralmente marrom. Vive em famílias de, em média, sete a dez capivaras, podendo chegar até a grupos de cem animais. O tempo de vida de uma capivara vai de 6 a 12 anos.

“As mascotes são os símbolos mais importantes dos nossos eventos esportivos porque criam um vínculo emocional com os torcedores e se tornam os verdadeiros embaixadores do evento”, comenta Hugo Figueredo, diretor de Competições de Seleções da CONMEBOL.

Leia também:  Lateral inglês revela desejo de deixar o futebol pelos casos de racismo

Escolha o nome do mascote na publicação abaixo.


    Leia tudo sobre: Futebol