undefined
Reprodução
Telê Santana foi o único brasileiro na lista dos 50 melhores treinadores de futebol da história

Nesta segunda-feira (18) a tradicional revista francesa France Football publicou uma lista com os nomes dos 50 melhores treinadores de futebol do mundo.

Leia também: Brasil entra na briga para sediar a Copa do Mundo de futebol feminino em 2023

Mesclando épocas distintas, a revista colocou em sua lista apenas um brasileiro: Telê Santana. O mineiro que fez história no São Paulo Futebol Clube e treinou a seleção brasileira de 1982 ficou em 35º lugar, a frente de nomes conhecidos como Rafa Benítez, Marcelo Bielsa e Antonio Conte.

Telê Santana da Silva nasceu em 26 de julho de 1931 na cidade de Itabirito, em Minas Gerais. Atuou como ponta-direita no Fluminense e Vasco nas décadas de 50 e 60 antes de se tornar treinador.

Em 1969 voltou ao Tricolor das Laranjeiras para começar sua carreira no banco de reservas. No ano de 1980 ele foi anunciado como treinador da seleção brasileira de futebol e dois anos depois, no Mundial da Espanha, fez sucesso com a equipe de Zico, Sócrates e Falcão.

Em clubes, Telê Santana atingiu o auge de sua carreira no São Paulo FC, entre os anos de 1990 e 1996, onde conquistou seus maiores troféus. Foi bicampeão da Libertadores nos anos de 1992 e 1993, vencendo também a Copa Intercontinental. Foi uma vez campeão do Brasileirão (1991) e duas vezes campeão paulista (1991 e 1992), além de outros 28 títulos.

Confira a lista da France Football com os 50 melhores treinadores da história

undefined
Reprodução
Lista da France Football tem 50 nomes dos melhores treinadores de futebol do história

Para definir quem são os melhores treinadores de futebol da história, a lista da France Football teve quatro critérios de escolha: desempenho, legado, carisma e duração de carreira.

O escolhido como melhor treinador de futebol de todos os tempos foi Rinus Michels, treinador da ‘Laranja Mecânica’, a seleção holandesa, no Mundial de 1974. De acordo com a publicação, Rinus “revolucionou o jogo em meados da década de 1960, definindo os códigos do ‘futebol total’”.

Rinus era holandês, nascido em Amsterdã. Além da seleção, ele treinou o Ajax por duas ocasiões (1965-71 e 1975-76), o Barcelona também por duas vezes (1971- 75 e 1976-78), além do Los Angeles Azetcs, dos EUA, e do Colônia e Bayer Leverkusen, da Alemanha.

Leia também:  Neymar faturou cerca de R$ 10 milhões com um gol em 2018; veja infográfico

O top 05 da France Football ainda conta com Sr. Alex Ferguson, na segunda colocação. O britânico fez história treinando o Manchester United por quase 30 anos e conquistando 35 títulos.

O terceiro foi o italiano Arrigo Sachi, multicampeão com o Milan e vice-campeão da Copa do Mundo de 1994 com a Azurra. Na quarta posição vem Johan Cruyff (Holanda) seguido de Pep Guardiola (Espanha).

Veja abaixo a lista completa:

  1. Rinus Michels (Holanda)
  2. Alex Ferguson (Escócia)
  3. Arrigo Sacchi (Itália)
  4. Johan Cruyff (Holanda)
  5. Pep Guardiola (Espanha)
  6. Valeriy Lobanovskiy (Ucrãnia)
  7. Helenio Herrera (França/Argentina)
  8. Carlo Ancelotti (Itália)
  9. Ernst Happel (Áustria)
  10. Bill Shankly (Escócia)
  11. Matt Busby (Escócia)
  12. Giovanni Trapattoni (Itália)
  13. José Mourinho (Portugal)
  14. Miguel Muñoz (Espanha)
  15. Brian Clough (Inglaterra)
  16. Marcello Lippi (Itália)
  17. Nereo Rocco (Itália)
  18. Louis Van Gaal (Holanda)
  19. Ottmar Hitzfeld (Alemanha)
  20. Béla Guttmann (Hungria)
  21. Fábio Capello (Itália)
  22. Zinedine Zidane (França)
  23. Viktor Maslov (Rússia)
  24. Herbert Chapman (Inglaterra)
  25. Jupp Heynckes (Alemanha)
  26. Bob Paisley (Inglaterra)
  27. Jürgen Klopp (Alemanha)
  28. Albert Batteux (França)
  29. Guus Hiddink (Holanda)
  30. Udo Lattek (Alemanha)
  31. Diego Simeone (Argentina)
  32. Arséne Wenger (França)
  33. Vicente Del Bosque (Espanha)
  34. Jock Stein (Escócia)
  35. Telê Santana (Brasil)
  36. Vic Buckingham (Inglaterra)
  37. Rafa Benítez (Espanha)
  38. Hennes Weisweiler (Alemanha)
  39. Bobby Robson (Inglaterra)
  40. Dettmar Cramer (Alemanha)
  41. Mircea Lucescu (Romênia)
  42. Tomislav Ivic (Croácia)
  43. Stefan Kovacs (Romênia)
  44. Luís Aragonés (Espanha)
  45. Frank Rijkaard (Holanda)
  46. Otto Rehhagel (Alemanha)
  47. Raymond Goethals (Bélgica)
  48. Marcelo Bielsa (Argentina)
  49. Antonio Conte (Itália)
  50. Jean-Claude Suaudeau (França)

Leia também:  José Mourinho critica Ronaldinho e Messi em relatório vazado por jornal inglês

Para você, a lista da France Football está correta? Quem mais incluiria nos nomes?

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários