Tamanho do texto

Meio-campista brasileiro vem se destacando no Italiano pelo Milan

Lucas Paquetá, cria do Flamengo, chegou ao Milan neste ano
Ansa Brasil
Lucas Paquetá, cria do Flamengo, chegou ao Milan neste ano

O ex-jogador Kaká elogiou nesta quinta-feira (21) o meio-campista Lucas Paquetá, do Milan, mas afirmou que não se acha parecido com o seu compatriota, camisa 39 do clube rossonero.

Leia também: Lucas Paquetá agrada Gattuso em primeira semana no Milan: "Estou surpreso"

Desde que chegou ao Milan, Lucas Paquetá atuou em sete partidas e marcou um gol, além de ter dado duas assistências. O jogador de 21 anos de idade conquistou o técnico Gennaro Gattuso e virou peça importante no elenco.

"Lucas é um bom jogador, ele fez bem em ir ao Milan . A situação do clube mudou e ele está ajudando a reconstruir o time. Essa é uma nova era ao Milan e Lucas chegou em grande momento", disse Kaká em entrevista ao jornal "Tencent Sports".

Leia também: Kaká lamenta preparação da seleção brasileira para Copa de 2006: "Bagunça"

Na chegada de Paquetá ao Milan, a imprensa italiana afirmou que o ex-jogador do Flamengo era o "novo Kaká". No entanto, o Bola de Ouro de 2007 negou as semelhanças.

"Eu não acho que somos parecidos e não acho que é o melhor nos comparar. Lucas pode fazer boas coisas, ele tem grandes qualidades, mas nós vamos com calma, sem pressão. Espero que ele possa ter os mesmo resultados que eu fiz", concluiu o ex-jogador de Milan, Real Madrid, São Paulo e Orlando City.

Paquetá foi apresentado em janeiro como novo reforço do Milan, que pagou 35 milhões de euros (cerca de R$ 150 milhões) para tirar a revelação do Flamengo. Ao lado do atacante Krzysztof Piatek, ex-Genoa, foram os jogadores mais badalados da última janela de transferência.

Leia também: Após perder Higuaín para Chelsea, Milan contrata sensação polonesa de 23 anos

O próximo compromisso do Milan será nesta sexta-feira (22), no San Siro, contra o Empoli, pela 25ª rodada do Campeonato Italiano. E Lucas Paquetá deverá estar em campo pelo time rossonero. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas