Tamanho do texto

Segundo o jornal "Telegraph", clube londrino acredita que o brasileiro vale mais que a oferta e o considera um dos mais importanes jogadores do elenco

O Barcelona ofereceu 50 milhões de libras (cerca de R$ 237,5 milhões) mais o brasileiro Malcom para tentar a contratação de outro brasileiro, o meia-atacante Willian, do Chelsea. O clube londrino não aceitou a oferta, no entanto, conforme informou o jornal inglês The Telegraph .

Leia também: Neymar ligou cinco vezes ao Barcelona pedindo para voltar ao clube, diz jornal

Barcelona ofereceu Malcom e R$ 237 milhões para tentar contratar Willian, mas Chelsea recusou
Divulgação/ChelseaFC
Barcelona ofereceu Malcom e R$ 237 milhões para tentar contratar Willian, mas Chelsea recusou

A publicação diz que, apesar de Willian já ter 30 anos e o vínculo com o Chelsea acabar daqui a 18 meses, os Blues creem que ele vale mais que o valor oferecido pelos representantes do Barcelona na última quinta-feira.

Leia também: Polícia dos EUA pede DNA de Cristiano Ronaldo para investigar caso de estupro

Esta não é a primeira vez que o clube catalão tenta tirar o brasileiro de Londres. Na última janela houve conversas, mas eles desistiram após os valores pedidos pelo Chelsea . Desta forma, contrataram Malcom junto ao Bourdeaux por 38 milhões de libras (R$ 181 milhões atualmente).

Malcom teria sido envolvido na negociação porque não vem sendo utilizado pelo técnico Ernesto Valverde nos principais jogos do Barcelona e apenas em partidas de menor expressão, como da Copa do Rei. Ele, por exemplo, foi titular na derrota desta quinta-feira por 2 a 1 para o Levante, pelas oitavas de final do torneio.

Leia também: Uefa libera time da Liga dos Campeões 2018 com Messi e domínio do Real Madrid

Além dos valores, o Chelsea também reluta em negociar Willian porque o considera peça-chave em seu elenco e o desejo é fortalecer e não perder jogadores titulares. Ainda mais que o jovem Callum Hudson-Odoi, meia de 18 anos, tem tudo para sair rumo ao Bayern de Munique.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas