Tamanho do texto

Renee Hector relatou que uma rival do Sheffield United fez barulhos de macaco durante partida pela segunda divisão do futebol inglês

A defensora do Tottenham sofreu racismo durante partida na Inglaterra
Reprodução
A defensora do Tottenham sofreu racismo durante partida na Inglaterra

A jogadora Renee Hector, do Tottenham Ladies, time feminino dos Spurs, relatou em suas redes sociais que foi vítima de racismo em uma partida da FA Championship, segunda divisão do futebol inglês.

Leia também: Maradona fala sobre Koulibaly e revela que também foi alvo de racismo na Itália

O caso de racismo aconteceu dentro do gramado, conforme informou Renee, que afirmou ter ouvido uma de suas adversárias do Sheffield United imitando um macaco. O nome da atleta que fez as ofensas não foi revelado.

"Uma pena que o racismo parece estar crescendo de novo no futebol – eu ouvi alguns barulhos de macaco hoje vindos de uma jogadora do time adversário. A única reação possível foi deixar o futebol falar por si, foi isso que fizemos. Ótimo começo para este ano", escreveu a defensora.

Leia também: PSG admite racismo na seleção de jogadores das categorias de base do clube

O Tottenham informou que a própria jogadora avisou ao árbitro sobre as ofensas durante a partida e que notificará a FA, que é a Federação Inglesa de Futebol. Já o Sheffield United informou que investiga o caso.

Leia também: Atleta negra é agredida com ovada no olho

A FA contirma que tomou conhecimento da denúncia sobre abusos discriminatórios durante um jogo da FA Women's Championship entre Sheffield United Women e Tottenham Hotspur Ladies no último domingo. Nós levamos essas denúncias sobre discriminação muito a sério e questionaremos as partes sobre o acontecimento", se manifestou a FA sobre o caso de racismo .

    Leia tudo sobre: Futebol