Tamanho do texto

Todos os times do Campeonato Italiano aderiram a campanha da ONG We World OnLus, que defende os direitos de crianças e mulheres na Itália

Cristiano Ronaldo entrou na ação contra violência doméstica, no jogo da Juventus desse fim de semana
Reprodução
Cristiano Ronaldo entrou na ação contra violência doméstica, no jogo da Juventus desse fim de semana

A rodada 13 do Campeonato Italiano adotou uma ação social. Em parceria com a ONG italiana WeWorld Onlus, os times da Série A adotaram uma pequena faixa vermelha pintada no rosto dos jogadores como parte de uma campanha contra a violência doméstica.

Leia também:  PSG estuda vender Neymar para o Real Madrid e contratar goleiro De Gea

A ideia da mancha pintada no rosto dos atletas simbolizava ‘um cartão vermelho à violência doméstica ’. A ONG WeWorld Onlus defende os direitos de crianças e mulheres pelo país.

A parceria foi divulgada no site da organização não governamental da seguinte maneira: “A propósito do dia Internacional da Violência contra as Mulheres (25 de novembro), a Série A apoia a WeWorld OnLus, organização que defende, há 20 anos, os direitos das mulheres e de crianças em risco, para combater todo o tipo de injustiça sobre o universo feminino”.

O presidente da Série A ( Campeonato Italiano ), Geatano Micciché, comentou sobre a ação do último fim de semana. “O fenômeno da violência contra as mulheres está alcançando níveis dramáticos e inaceitáveis. Teremos que nos empenhar para acabar com essa tragédia e o futebol está pronto para dar a sua contribuição”, disse.

Não é a primeira vez que a Série A promove uma ação contra a violência doméstica. Na edição do ano de 2017, os principais jogadores também participaram de uma iniciativa promovida pelos organizadores dos campeonatos.

Apesar da importância e relevância do ato, o que chamou atenção foi a imagem de Cristiano Ronaldo , da Juventus, aderindo à campanha. O português enfrentou dois casos de acusação de estupro nos últimos meses.

No fim de setembro, a revista alemã Der Spiegel publicou o depoimento da ex-modelo americana Kathryn Mayorga que denunciava um caso de estupro sofrido por ela, pelo jogador da seleção portuguesa, no ano de 2009 em Las Vegas.

O jogador negou diversas vezes o caso e, semanas depois, foi acusado novamente por uma garota britânica de um estupro no ano de 2005, quando ainda era jogador do Manchester United.

Todos os times da Série A aderiram à campanha contra violência doméstica
Reprodução
Todos os times da Série A aderiram à campanha contra violência doméstica

Durante essa semana, quatro equipes do Campeonato Italiano se apresentam na Liga dos Campeões. Nesta terça-feira, a Roma enfrenta o Real Madrid às 18h (horário de Brasília), e no mesmo horário, a Juventus de Cristiano Ronaldo joga contra o Valencia.

Leia também:  Sérgio Ramos promete processar jornais que publicaram caso de doping

Na quarta-feira, depois de aderir às ações contra violência doméstica , o Napoli encontra o Estrela Vermelha as 18h (horário de Brasília). No mesmo horário, a Inter de Milão viaja até a Inglaterra para enfrentar o Tottenham.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.