Tamanho do texto

Definição em conjunto com a AFA contraria o pedido do presidente da Argentina, Mauricio Macri; jogos decisivos serão em dois sábados

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, e também o do River Plate, Rodolfo D'Onofrio, se reuniram nesta segunda-feira com o mandatário da AFA (Associação Argentina de Futebol), Clausio Chiqui Tapia, e definiram que as finais da Libertadores 2018 terão torcida única nos dois jogos em Buenos Aires.

Leia também: Clubes europeus querem criar superliga a partir de 2021, revela Football Leaks

Boca Juniors e River Plate definiram que finais da Libertadores 2018 terão torcida única
REPRODUÇÃO/CONMEBOL
Boca Juniors e River Plate definiram que finais da Libertadores 2018 terão torcida única

A definição de que as finais da Libertadores 2018 terão torcida única contraria o pedido do presidente da Argentina, Mauricio Macri, que tinha o desejo que a "final histórica" pudesse mostrar "maturidade e paz" entre as torcidas rivais, e também da ministra da Segurança, Patricia Bullrich. A decisão de ter apenas torcedores mandantes, no entanto, já era esperada.

Os dirigentes ainda anunciaram uma mudança com relação aos horários dos jogos. Estava previsto que a bola rolasse às 16h no horário local (17h de Brasília) nas duas partidas, mas um pedido de uma agremiação que defendem os jogadores argentinos fez com que os duelos passassem para as 17h no horário local (18h no primeiro jogo e 17h no segundo, horário de Brasília), por conta do início do horário de verão, que será no dia 15 de novembro.

Leia também: Mbappé é o jogador mais valioso do mundo, aponta estudo; Neymar é o terceiro

O primeiro confronto será em La Bombonera, casa do Boca Juniors , neste sábado, dia 10. Já a volta, no Monumental de Núñez, domínio do River Plate , está marcada para o dia 24, também sábado. Esta será a primeira vez que as finais da maior competição sul-americana não será disputada durante a semana à noite.

Além disso, esta será a ultima edição do torneio sul-americano com duas partidas na final. A partir do ano de quem, a Conmebol adotará um modelo de decisão igual ao da Liga dos Campeões e a decisão será disputada em partida única, em campo neutro e está marcada para Santiago, no Chile.

Leia também: Conmebol anuncia que finais da Libertadores serão disputadas no sábado

De qualquer forma, as finais da Libertadores 2018 terão torcida única. Ao todo, Boca Juniors e River Plate já se enfrentaram 28 vezes em competições da Conmebol, com 10 vitórias para os Xeneizes, oito para Los Millonarios e dez empates. Se o Boca sagrar-se campeão, igualará o Independiente como maiores vencedores, com sete títulos. Se der River, a equipe chegará ao quarto título e se deixará três brasileiros para trás, se igualando ao Estudiantes.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.