Tamanho do texto

Premiada pela sexta vez na história pela Fifa, Marta continuará jogando ao lado da americana Alex Morgan e de mais três brasileiras no Orlando Pride

A melhor jogadora do mundo joga no time americano desde 2017
Divulgação/Orlando Pride
A melhor jogadora do mundo joga no time americano desde 2017

O Orlando Pride exerceu a opção de renovação automática e garantiu a presença da melhor jogadora do mundo no clube por mais um temporada.

Leia também: Revista France Football anuncia Bola de Ouro para mulheres e premiação do sub-21

Eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez na história, Marta joga pelo time americano desde 2017, e por mais um ano, terá a companhia das brasileiras Poliana, Mônica e Camila, que também tiveram seus contratos renovados.

Sétimo colocado na última edição da National Women’s Soccer League (NWSL), o Orlando Pride garantiu também a renovação com a americana Alex Morgan, uma das principais estrelas do futebol feminino.

Leia também: Marta é anunciada como a nova embaixadora da ONU Mulheres

Melhor jogadora do mundo

Marta foi eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez
Divulgação/Fifa
Marta foi eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez

Na última segunda-feira (24), a brasileira foi premiada pela Fifa com o " The Best ", o prêmio de melhor jogadora do mundo, pela sexta vez, superando a norueguesa Ada Hegerberg, jogadora do Lyon, e a alemã Dzsenifer Marozsan, também do Lyon, e se emocionou.

"Eu realmente estou sem palavras, pois é um momento fantástico. As pessoas falam: você já foi tantas vezes e se emociona sempre. Sim, faço isso porque representa muito para mim", afirmou Marta, emocionada.

Com a derrota de Cristiano Ronaldo para Salah, ela se tornou também a maior vencedora entre todos os atletas no principal prêmio individual da entidade. O português e o argentino Lionel Messi levaram cinco troféus cada.

Questionada se ainda cabe mais algum troféu em sua casa, Marta garantiu que o prêmio recebido das mãos de Roberto Carlos já tem um cantinho especial.

Leia também: Marta integra lista dos 20 atletas mais dominantes do mundo

"Pode ter certeza que há espaço em casa para tudo que já ganhei desde a primeira medalha que ganhei no colégio. Tem um lugar especial para esse também" - disse a melhor jogadora do mundo após o evento.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.