Tamanho do texto

Jogadora brasileira e cinco vezes eleita melhor jogadora pela Fifa foi escolhida pela história e exemplo de determinação e coragem

Marta foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa
Divulgação/ PNUD
Marta foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa

Maior artilheira da história do futebol feminino, a brasileira Marta foi nomeada como nova embaixadora da ONU Mulheres, em anúncio feito nesta última quinta-feira (12).  A Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres escolheu a jogadora pela sua história e por ser um modelo poderoso de determinação e coragem.

Leia também: Presidente da Fifa chama Copa do Mundo na Rússia de "melhor da história"

No cargo, a atacante do Orlando Pride vai trabalhar a favor da igualdade de gênero no mundo do esporte. "Eu sei, da minha experiência de vida, que o esporte é uma ferramenta fantástica para o empoderamento", disse Marta , em comunicado oficial.

Leia também: 45 casos de assédio sexual na Copa do Mundo foram oficialmente registrados

A atleta, que já conquistou cinco vezes o prêmio de melhor jogadora do mundo, declarou estar muito honrada por ter recebido o convite e agora quer "garantir que mulheres de todo o mundo tenham as mesmas oportunidades que os homens para desenvolver seu potencial".  Além disso, Marta já colaborou com a ONU , em projeto com foco no empoderamento das mulheres, como parte do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 

Leia também: Marcelo faz texto emocionante em despedida de Cristiano Ronaldo

Marta é inspiração

"Esperamos trabalhar em estreita colaboração com Marta para levar o poder transformador do esporte a mais mulheres e meninas", disse a diretora da ONU Mulheres , Phumzile Mlambo-Ngcuka. “O esporte é uma linguagem universal — nos inspira e nos une, pois amplia nossos limites. Estamos ansiosas para trabalhar de perto com Marta para trazer o poder transformador do esporte para mais mulheres e meninas, e para construir rapidamente a igualdade. Tenho o prazer de recebê-la na família da ONU Mulheres”, completou.


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.