Tamanho do texto

Uli Hoeness não ficou satisfeito com as negociações pelo zagueiro Jérôme Boateng. Segundo ele, Henrique não é uma boa imagem para o clube de Paris

Uli Hoeness, presidente do Bayern de Munique, disse que PSG deveria demitir diretor esportivo
Reprodução
Uli Hoeness, presidente do Bayern de Munique, disse que PSG deveria demitir diretor esportivo

As conversas entre Bayern de Munique e Paris Saint-Germain - PSG durante a janela de transferências de verão rendeu a troca de Juan Bernat de Munique para Paris, porém a investida que o clube francês fez pelo zagueiro alemão Jérôme Boateng não deixou boa impressão para o presidente Uli Hoeness.

Leia também: Bayern de Munique usará uniforme feito de plástico retirado do oceano

Segundo ele, se o PSG almeja ser um clube de futebol da elite mundial precisa se desfazer de seu diretor esportivo Antero Henrique “Eu recomendaria ao PSG demitir o diretor esportivo, esse Senhor não é uma boa imagem para o clube” disse o dirigente do Bayern para o site Kicker. Henrique é um ex-jogador português que trabalhou durante muitos anos para o FC Porto.

A investida do PSG por Boateng começou quando o técnico do time francês, Thomas Tuchel, entrou em contato com o jogador e os dois fizeram um “acordo prévio”. A equipe de Neymar e companhia então ofereceu 38 milhões de euros, mas o Bayern pediu mais 10 milhões para concretizar a negociação. Hoeness confessou que foi uma estratégia para que o zagueiro não saísse da Alemanha.

Leia também: CEO do Bayern diz que não pagaria tanto por CR7: "atleta de 33 anos"

“Pedimos essa taxa porque não queríamos dar Jérôme. Assumimos que Paris não pagaria esse valor. Nosso treinador queria manter o jogador e sabíamos que ele queria ficar conosco” esclareceu.

Quem também entrou na história foi o diretor esportivo do Bayern de Munique, Hasan Salihamidzic, que achou estranha a forma de negociar do PSG “Não quero ofender a ninguém. Só estou dizendo que existem coisas que não podem fazer com o Bayern, sobretudo se tratando de um jogador assim”, disse Salihamidzic em entrevista para o canal Sky.

Leia também: Em entrevista, Ronaldinho coloca Messi como o 'melhor da história'

A estranheza nas negociações atingiu até mesmo Boateng. Segundo todos do Bayern de Munique não existia uma vontade séria do PSG  em contratar o zagueiro. Apesar da relação conflituosa, o Bayern aceitou vender Bernat para os franceses. Salihamidzic disse que o jogador pediu a permissão para sair e foi atendido.

    Leia tudo sobre: Bayern de Munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.