Tamanho do texto

Contratado pelo Tottenham em janeiro desse ano, Lucas soma quatro gols em 14 partidas. Brasileiro brilhou no 3 a 0 em cima do Manchester United

Lucas Moura corre ao lado de Harry Kane para comemorar um de seus dois gols na vitória do Tottenham sobre o Manchester United
Reprodução/Twitter/premierleague
Lucas Moura corre ao lado de Harry Kane para comemorar um de seus dois gols na vitória do Tottenham sobre o Manchester United

Lucas Moura está em alta na Inglaterra. Contratado em janeiro pelo Tottenham, o brasileiro marcou duas vezes contra o Manchester United na última rodada da Premier League e ganhou os holofotes.

Leia também: "Com Guardiola reaprendi a jogar futebol aos 30 anos", diz Thierry Henry

Em entrevista ao programa Planeta SporTV , Lucas falou um pouco sobre os últimos meses de sua passagem pelo PSG “Foi muito difícil. Os piores sete meses da minha vida. Eu vim de uma temporada boa, onde fui o segundo artilheiro do time, atrás só do Cavani. Mas eu nem era chamado para jogar. Ia para o treino, mas não estava relacionado para os jogos. E aí costumava voltar para casa”, desabafou.

Lucas saiu do São Paulo rumo ao Paris Saint-Germain em 2013 e teve bons momentos no clube de Paris. Em 229 jogos disputados no clube francês, o brasileiro marcou 46 gols. Foi campeão cinco vezes da Ligue One e três vezes campeão da Copa da França.

Leia também: Kaká chega ao Milan sem saber qual cargo irá exercer

Mesmo deixado de lado, o jogador disse que não desistiu “Foi muito difícil, mas continuei trabalhando duro, forte. E Deus me deu o melhor presente da vida, meu filho”, finalizou.

Sua transferência para o Tottenham teve muita influência das chegadas de Neymar e Mbappé no PSG. Ambos se tornaram estrelas no time e ofuscaram as apresentações de Lucas. Outro fator foi seu relacionamento com o treinador Unai Emery, que não era dos melhores.

O site inglês Daily Star repercutiu as falas do ponta e focou nos desentendimentos com o técnico espanhol. A publicação aproveitou para citar o rumor de relacionamento estremecido entre Unai e o alemão Mesut Ozil. A imprensa inglesa vinculou no começo da semana que o jogador do Arsenal teve uma discussão com o treinador e, por esse motivo, nem foi relacionado para o jogo contra o West Ham no sábado.

L eia também: Trump recebe presidente da FIFA e dá cartão vermelho para imprensa

A publicação lembra que Unai Emery também teve problemas com Edinson Cavani e Neymar nos tempos de PSG .