Tamanho do texto

Kaká desembarcou em Milão para conversar com o também brasileiro e diretor esportivo do clube, Leonardo, e definir sua nova função

Kaká no seu desembarque em Milão
reprodução / Twitter
Kaká no seu desembarque em Milão

O ex-jogador Kaká chegou nesta quarta-feira (29), em Milão, para conversar com o brasileiro Leonardo , atual diretor esportivo do Milan , sobre a possibilidade de assumir um cargo no clube italiano.

Leia também: Milan anuncia pacote de reforços no último dia da janela de transferências

Em sua chegada em Milão, Kaká afirmou que ainda não sabe qual cargo irá ocupar no clube.

 "Costumo conversar com Leonardo, somos amigos, mas sobre o papel que terei no Milan ainda não discutimos", afirmou Kaká em sua no aeroporto da cidade.

No entanto, de acordo com o brasileiro, sua "prioridade" são seus filhos, que vivem no Brasil. "Eu preciso estar com eles. Mas com Leo e Paolo (Maldini) no clube eu posso ficar ainda mais próximo do Milan".

Leia também: Maldini é anunciado como novo diretor do Milan após 10 anos longe do clube

Nos últimos meses, o diretor executivo do Milan, Paolo Scaroni, tem apostado em anunciar grandes ídolos na administração do time italiano.

Recentemente, o jogador postou uma foto nas redes sociais relembrando da época em que jogava pelo clube de Milão.

Chi mi ha fatto l’assist per questo gol? 🤔 primo gol in 🔴⚫️ #tbt

Uma publicação compartilhada por Kaká (@kaka) em

Kaká foi eleito o melhor jogador do mundo em 2007, quando ainda atuava pelo time rossonero. O craque se aposentou em dezembro de 2017, atuando pelo Orlando City, dos Estados Unidos, e vem acompanhando os jogos do Milan.

Leia também: Pirlo desiste de ser auxiliar técnico de Mancini na seleção da Itália

"Quero entender como posso contribuir no mundo do futebol neste momento", ressaltou o brasileiro. "Para mim, vir a Milão é sempre ótimo. Estou muito feliz, Vi o jogo contra o Napoli e espero que a equipe possa fazer uma boa temporada", finalizou Kaká .