Tamanho do texto

O meia do PSG e o zagueiro do City seguiram os passos do camisa 10 e pediram para não serem convocados para a seleção argentina

Messi pediu para não ser convocado para a seleção argentina em 2018
Divulgação/Fifa
Messi pediu para não ser convocado para a seleção argentina em 2018

A seleção argentina anunciou nesta sexta-feira (17) sua primeira convocação após a Copa do Mundo na Rússia, para os amistosos contra Guatemala e Colômbia em setembro, nos Estados Unidos.

Leia também: Paquetá, Pedro, Hugo, Dedé... primeira convocação de Tite pós-Copa tem novidades

A lista, escolhida pelo técnico interino Lionel Scaloni, atendeu ao pedido de Messi , que optou por não defender a seleção argentina em 2018. Nicolás Otamendi (Manchester City) e Di Maria (PSG), por problemas pessoais, fizeram a mesma solicitação, atendida pelo treinador.

As grandes novidades da convocação foram o polêmico centroavante Mauro Icardi (Inter), o goleiro Sergio Romero (Manchester United), que ficou fora da Copa por lesão, e o zagueiro Kannemann, do Grêmio, que enfim recebe uma oportunidade.

Leia também: Operário nepalês morre em obra da Copa do Mundo de 2022 no Catar

Veja a lista de convocados da seleção argentina

Os convocados da seleção argentina para os amistosos contra Guatemala e Colômbia
Reprodução / AFA
Os convocados da seleção argentina para os amistosos contra Guatemala e Colômbia

Goleiros : Franco Armani (River), Gerónimo Rulli (Real Sociedad), Sergio Romero (Manchester United).

Defensores : Fabricio Bustos (Independiente), Gabriel Mercado (Sevilla), Germán Pezzella (Fiorentina), Ramiro Funes Mori (Villarreal), Alan Franco (Independiente), Nicolás Tagliafico (Ajax), Walter Kannemann (Gremio), Leonel Di Plácido (Lanús), Eduardo Salvio (Benfica), Marcos Acuña (Sporting Lisboa).

Meias : Leandro Paredes (Zenit), Santiago Ascacibar (Stuttgart), Rodrigo Battaglia (Sporting Lisboa), Gonzalo Martínez (River), Giovani Lo Celso (PSG Franco Cervi (Benfica), Maxi Meza (Independiente), Matías Vargas (Vélez), Franco Vázquez (Sevilla), Exequiel Palacios (River).

Atacantes : Angel Correa (Atlético Madrid), Lautaro Martínez (Inter), Mauro Icardi (Inter), Gio Simeone (Fiorentina), Cristian Pavón (Boca), Paulo Dybala (Juventus).

Messi fora da seleção argentina em 2018

Messi pode voltar a ser convocado para a seleção argentina no próximo ano
Reprodução/Twitter
Messi pode voltar a ser convocado para a seleção argentina no próximo ano

O craque argentino teria decidido não vestir a camisa da seleção nunca mais, porém sua boa relação com Claudio Tapia, presidente da AFA, tornou a decisão temporária.

Em 2019, com a contratação de um novo treinador e formação de um novo projeto, Messi decidirá se segue ou não representando o país.

Leia também: Conmebol define Santiago, no Chile, como sede para a final da Libertadores 2019

Um dos desejos do jogador seria deixar de ser o centro das atenções na seleção argentina e inclusive passar a braçadeira de capitão para outro jogador.

    Leia tudo sobre: Futebol