Tamanho do texto

O ex-jogador assumirá o cargo de diretor esportivo do clube e será responsável pelas negociações de jogadores

Milan anuncia volta do brasileiro Leonardo como diretor esportivo do clube
Reprodução
Milan anuncia volta do brasileiro Leonardo como diretor esportivo do clube

O Milan anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (25), a volta do brasileiro Leonardo como novo diretor esportivo do clube, agora sob gestão da administradora de recursos norte-americana Elliott .

Leia também: Roma estuda acionar Justiça por 'caso Malcom' após negócio pelo brasileiro melar

Em nota publicada em seu site, o Milan classificou o retorno de Leonardo como “Um retorno cheio de emoções para os torcedores do Milan, bem como um reforço profissional de grande experiência e reputação internacional que fortalecerá a competitividade da equipe a nível mundial”.

Segundo o presidente milanista, Paolo Scaroni, o ex-meia será responsável pelas negociações de jogadores e "terá todo o apoio necessário para reforçar e racionalizar a equipe", respeitando os limites do "Fair Play Financeiro da Uefa".

Ainda segundo o presidente, a volta de Leonardo é outro passo em direção ao sucesso e traz o Milan de volta à grandeza.

"O retorno de Leonardo, um grande rossonero e um campeão do mundo, é outro passo em direção ao sucesso. A escolha por Leonardo também é um sinal de comprometimento de Elliott a adicionar figurar de experiência internacional, que saibam o que significa trazem o Milan de volta à grandeza", afirmou Scaroni.

Leia também: Em baixa no Chelsea, David Luiz pode ser companheiro de CR7 na Juventus

Leonardo concederá entrevista coletiva e será apresentado nesta quinta-feira (26), mas já vem trabalhando desde o início da semana no clube.

Leonardo jogou no Milan entre 1997 e 2001, conquistando um campeonato italiano e uma Copa da Itália. O brasileiro entrou em campo em 124 jogos e marcou 30 gols com a camisa rossonera.

Anos depois, em 2003, Leonardo voltou ao Milan como gerente. A época ficou marcada pelo título da Liga dos Campeões de 2006/07. 

Em junho de 2009 ele se tornou treinador da equipe, sucedendo um de seus mentores, Carlo Ancelotti, mas não teve muito sucesso.

Imagem abalada com a torcida do Milan

Após o fracasso como treinador do Milan, Leonardo surpreendeu e se tornou técnico da rival Inter de Milão na temporada de 2010/11,  e teve sua imagem abalada com a torcida rossonera.

Leia também: Gol de Pavard é escolhido como o mais bonito da Copa do Mundo

Na época, Gennaro Gattuso , então jogador do Milan , celebrou o título italiano daquela temporada chamando Leonardo de "homem de m****".  Agora o ex-meia será chefe do ex-volante, hoje treinador do time de Milão.

    Leia tudo sobre: Futebol