Para a imprensa portuguesa, a permanência de Cristiano Ronaldo no Real Madrid não é mais uma possibilidade. A saída do craque do time espanhol é dada como certa no final desta temporada por conta do descumprimendo de promessas do presidente Florentino Pérez.

Leia também: Cristiano Ronaldo quer R$ 326 milhões por ano para continuar no Real Madrid

undefined
Reprodução
Cristiano Ronaldo não continuará no Real Madrid de acordo com imprensa portuguesa


De acordo com o jornal Record  desta quinta-feira (7), o Real havia prometido uma renovação de contrato para Cristiano Ronaldo e um aumentode salário para 37 milhões de euros ao ano, já descondiderando os impostos, quando o clube venceu a Liga dos Campões da época 2017/2017, mas o pagamento atual gira em torno dos 23,6 milhões de euros.

Leia também: Neymar perde a liderança no ranking dos jogadores mais valiosos do mundo

Segundo a publicação, a decisão do jogador em deixar o Real foi dita como "irreversível". Já de acordo com o programa El Partidazo de COPE , o jogador tinha pedido um salário de 75 milhões de euros, o que gira em torno de 328 milhões de reais, por ano, para renovar com o clube. O aumento seria para pagar suas pendências com a Justiça Espanhola. 

Futuro incerto

undefined
Reprodução/Twitter
Cristiano Ronaldo tem dívida com a Espanha


Enquanto algumas mídias locais afirmam que Cristiano Ronaldo vai deixar o Real Madrid, outras ainda garantem que o melhor jogador do mundo vai continuar na equipe merengue. No entanto, de acordo com o jornal Mundo Deportivo , CR7 colocou uma condição para permanecer no time: o aumento de salário para poder pagar suas dívidas com o fisco da Espanha.

O governo da Espanha acusou o jogador de quatro crimes fiscais além de dever cerca de 14 milhões de euros ao fisco do país. No entanto, de acordo com o jornal El Mundo , depois de muita polêmica, o jogador português vai acertar suas contas com as autoridades espanholas.

Segundo a publicação, o jogador teria se declarado culpado das acusações e vai ainda efetuar o pagamento dos 14 milhões de euros, o equivalente a cerca de R$ 61 milhões. Além disso, o craque do Real Madrid ainda quer neste valor estejam inclusos a dívida em falta e também a sanção por fraude.

Leia também: Veja as homenagens dos jogadores do Real Madrid para Zidane nas redes sociais

Cristiano Ronaldo é acusado de uma dívida de 14,7 milhões de euros referentes aos tributos de seus direitos de imagem. Os crimes fiscais teriam acontecido entre os anos de 2011 e 2014. Na ocasião, ele foi formalmente denunciado por suposta fraude fiscal e crimes econômicos e as autoridades da Espanha reforçam que o incumprimento das obrigações fiscais por parte do jogador foi ação "voluntária" e "consciente".





    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários