undefined
Reprodução
CR7 pode estar com os dias contados no Real Madrid

Depois de ter vencido a Liga dos Campeões pela quarta vez com o Real Madrid , Cristiano Ronaldo fez uma declaração que gerou alvoroço. Logo após a vitória em cima do Liverpool, o craque português deu a entender que vai deixar o clube marengue. CR7 chegou à equipe em 2009, quando deixou o Manchester United.

Leia também: CR7 ou Cristianinho? Dona Dolores aposta no neto: 'Mais jeito com a bola'

"O importante era ganhar e entrar na história. Isso era o importante. Agora é hora de aproveitar o momento. Vou comemorar e nos dias seguintes darei uma resposta aos torcedores, que estão sempre do meu lado. Foi muito bonito estar no Real Madrid", disse CR7 ao canal  BeIn Sports .

Questionado pelo repórter se este seria uma despedida, o atacante respondeu: "Não... Eu vou aproveitar esse momento com os companheiros e nos próximos dias darei uma resposta. O futuro de qualquer jogador não é importante, o importante é que fizemos história", disse.

Leia também: Cristiano Ronaldo admite culpa e vai pagar R$ 61 milhões ao fisco espanhol

De volta à Inglaterra?

undefined
MUNDO DEPORTIVO/REPRODUÇÃO
Cristiano Ronaldo, astro do Real Madrid, pode estar de saída do clube

De acordo com informações do jornal espanhol  As , o português está convicto de sua  saída  do Real Madrid e deu um "basta" no time de Florentino Pérez. Insatisfeito e decepcionado com as promessas de renovação que não foram cumpridas pelo clube, o craque está planejando sua volta ao Manchester United .

Segundo a publicação, ele já teria, inclusive, comunicado seus companheiros merengues sobre a saída da equipe. Além da insatisfação com o novo contrato, que deveria ter aumentado seu salário, outros fatores contribuíram para a escolha. Tudo começou com a complicação com o fisco espanhol. As acusações de sonegação de impostos e irregularidades nos tributos da Espanha deram a primeira deixa para  Cristiano Ronaldo  cogitar deixar o Real.

Leia também: Mãe de Cristiano Ronaldo confessa que, quando grávida, pensou em abortar

Além disso, os desentendimentos com o presidente do clube favorecem a saída. Cristiano teria se sentido "enganado" pela promessa de renovação de Florentino, que não foi cumprida. Além disso, os rumores de que o dirigente o usaria como moeda de troca para trazer Neymar ao Real Madrid não deixam o português nem um pouco satisfeito.

Assim, o cinco vezes melhor jogador do mundo deixaria o time espanhol durante a janela de transferências do verão europeu, em julho de 2018. O clube escolhido, no entanto, seria o Manchester United, no qual CR7 já atuou entre 2003 e 2009. Na Inglaterra, ele será comandado pelo compatriota José Mourinho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários