Tamanho do texto

Novo técnico da Azzurra é crítico com descendentes de italianos nascidos em outros países, caso do ítalo-brasileiro Jorginho, que joga no Napoli

Roberto Mancini, de 53 anos, é o novo técnico da seleção da Itália . A assinatura do contrato foi antecipada pela ANSA e confirmada pela Federação Italiana de Futebol (Figc) nesta segunda-feira.

Leia também: Com Cássio, Fagner e Taison, seleção brasileira é convocada para a Copa

Roberto Mancini é o novo técnico da seleção italiana de futebol
Reprodução/Twitter/FIGC
Roberto Mancini é o novo técnico da seleção italiana de futebol

Sua apresentação será nesta terça, quando Mancini também pode anunciar a lista de convocados para os amistosos contra Arábia Saudita, França e Holanda. Durante a tarde, o comissário extraordinário da Figc, Roberto Fabbricini, já havia dito que apenas alguns "aspectos" impediam a confirmação do novo técnico.

Com passagens por Lazio, Fiorentina, Inter de Milão, Manchester City, Galatasaray e Zenit, Mancini terá a tarefa de recuperar a seleção tetracampeã mundial de um dos momentos mais difíceis de sua história.

Leia também: Feito inédito? Brasil nunca venceu Copa sem jogadores de Palmeiras e São Paulo

Além da não classificação para a Copa de 2018, a Itália vem de duas eliminações seguidas nas fases de grupos em Mundiais (2010 e 2014) e enfrenta dificuldades para transformar uma geração promissora em um time competitivo.

A imprensa esportiva italiana especula que a chegada de Mancini possa marcar o retorno de Mario Balotelli à seleção, devido à boa fase do atacante no Nice. O treinador também é crítico da presença de "oriundi" - descendentes de italianos nascidos em outros países - na Azzurra, o que pode afetar, entre outros, o meio-campista ítalo-brasileiro Jorginho, do Napoli.


Leia também: Veja reação de familiares e jogadores convocados para a Copa do Mundo

Conquistas

Ao longo de sua carreira, Mancini conquistou três vezes a Série A, sempre com a Inter de Milão, uma Premier League, com o Manchester City, e quatro Copas da Itália, com Fiorentina, Lazio e Inter.

    Leia tudo sobre: futebol